Cursos de Agrárias realizam entregas de donativos à Entidades Beneficente

Compromisso Social é afirmado pelas campanhas dos cursos de Agronomia e Medicina Veterinária da Uniguaçu

agrarias-uniguaXXu-educacaoA Uniguaçu, por meio de ações sociais, incentiva seus acadêmicos a praticar a mudança na comunidade em que vivem. Não apenas cuidar com atenção da formação técnica do acadêmico, mas seu intuito também é formar bons cidadãos, que sejam ferramentas de transformação na sociedade. Mais que um slogan, “Compromisso Social” é uma prática diária da Uniguaçu. Baseado nisso, os cursos de Agronomia e Medicina Veterinária realizaram a entrega de donativos à entidades beneficentes.

Acadêmicos de Agronomia doam 120kg de feijão para instituições de caridade

Os alunos do nono período matutino do curso de Agronomia da Uniguaçu, realizaram a entrega de 120 quilos de feijão para instituições beneficentes de União da Vitória. As entidades que receberam a doação foram: Associação Casa de Apoio Restauração Divina (Acardi 1), Abrigo Frei Manoel (Acardi 2) e Associação Casa de Apoio Santa Clara.

O feijão entregue foi cultivado pelos próprios alunos na Fazenda Experimental II da Uniguaçu, na safra 2016/2017. Segundo o professor Anderson Danelli, coordenador da atividade, a doação por parte dos acadêmicos não foi somente do alimento, mas também de tempo, de carinho, de afeto e de atenção para com os mais necessitados. “Vivenciou-se a importância da doação como um todo, auxiliando na formação moral e do caráter dos futuros profissionais que estão prestes a assumir a responsabilidade de produzir o pão nosso de cada dia, e também de fazer chegar a quem dele necessita”, comenta.

Acadêmicos de Medicina Veterinária doam 2 toneladas de ração ao Grupo Protetores Independentes de Animais

A campanha de arrecadação surgiu do nono período de Medicina Veterinária, coordenada pela professora Juliana Bonfim e contou com a participação de todos os alunos do curso. Foram arrecadados 2 toneladas de ração que foram entregues ao grupo Protetores Independentes de Animais.

A ração será destinada para os cachorros dos lares temporários que ficam com os animais que sofrem maus tratos, até que sejam adotados, para os protetores de animais e também para animais que moram pelas ruas de União da Vitória e de Porto União. Além dessa atividade, os acadêmicos, em seguida, farão também uma campanha de esclarecimento às pessoas de posse responsável desses animais, cães errantes ou cães de rua, para que aconteça uma diminuição desses animais na rua. “A campanha é uma consequência, o ideal é que as pessoas se preocupem, pois esses animais precisam de cuidados e precisam de um lar”, afirma o coordenador do curso de Medicina Veterinária, professor João Estevão Sebben.

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta