Advogado é barrado em bar por “parecer um segurança” - Vvale

Advogado é barrado em bar por “parecer um segurança”

(Foto: Reprodução).
(Foto: Reprodução).

Já tem mais de 900 compartilhamentos, no Facebook, a postagem em que o advogado Juliano Trevisan conta um episódio de racismo que sofreu em um bar de Curitiba (PR). Negro e com cabelos dreadlocks, Trevisan relatou que, após um evento com outros amigos advogados na última quinta-feira (13), foi barrado na porta do “James Bar” sob a alegação de que ele seria confundido com um segurança da casa.

Juliano usava exatamente a mesma roupa da foto. “No que cheguei, o funcionário me olhou dos pés a cabeça e informou que pelo meu estilo, com ‘a roupa que estava usando eu não poderia entrar’. Olhei para minha roupa tentando entender o por que, e ele continuou ‘roupa preta gravata e tal, você vai ser confundido com segurança lá dentro, assim não pode entrar’”, relatou o advogado na rede social.

Além de advogado, Juliano é youtuber e tem um canal que trata justamente de negritude e preconceito. “Como militante, vivo expondo situações de preconceito e discriminação e os vários viés. Mas quando acontece comigo, ainda fico chocado sem ação. Me sinto humilhado”, lamentou.
O “James Bar”, por sua vez, se desculpou com Trevisan quando tomou conhecimento do caso e informou que demitiu o funcionário que barrou o advogado.

Confira aqui a íntegra da postagem relatando o episódio.

Matéria Revista Fórum

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta