Em São Mateus do Sul, Rua do Mate será área de lazer, comércio e turismo

Em solenidade com a comunidade em São Mateus do Sul, neste domingo (1/7) a governadora Cida Borghetti assinou a homologação do termo aditivo do projeto Rua do Mate. Com investimentos de R$ 2,3 milhões, a rua será transformada em uma grande área de lazer para os moradoresç

Cida também entregou a chave de um veículo, para atender as atividades da Agência do Trabalhador do município, e informou sobre a pavimentação da rodovia PR-364, que liga São Mateus do Sul a Irati, anunciada horas antes, em Irati. Ela lembrou, ainda, de outros investimentos em São Mateus do Sul, como o repasse da primeira parcela, no valor de R$ 450 mil, para a construção do hospital do município. O valor já foi depositado na conta do hospital, conforme convenio firmado entre a instituição e o Governo do Estado, e possibilita o início das obras de construção da unidade, que terá investimentos totais de R$ 17 milhões, com contrapartida do município.

Segundo Cida, o Paraná está fazendo o maior programa de recuperação de estradas, com a liberação para investimento de R$ 1,5 bilhão nos próximos três anos.

COMÉRCIO E TURISMO

A Rua do Mate é uma das principais vias da cidade, onde está localizada a igreja matriz de São Mateus, e vai ser revitalizada para beneficiar moradores e pequenos produtores rurais da região.

De acordo com o prefeito Luiz Adyr, o espaço vai abrigar quiosques e áreas para a população comercializar seus produtos. “Será uma rua coberta, com um espaço importante para o turismo na nossa cidade”, afirmou o prefeito. “Essa é uma obra que tem recursos assegurados e vamos dar início ao processo de licitação”, completou.

A nova estrutura vai beneficiar os 25 mil habitantes da área urbana e também os 20 mil que vivem na área rural.

PAVIMENTAÇÃO

Em São Mateus do Sul, a governadora também falou com a comunidade sobre a pavimentação do trecho da BR-364, que liga o município a Irati, e que foi anunciado por ela horas antes, em Irati.

Serão investidos R$ 159 milhões para pavimentar um trecho de 47,7 quilômetros, que vai beneficiar diretamente mais de 112 mil habitantes nas duas cidades, além de criar um novo acesso rodoviário para Santa Catarina e vice-versa.

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta