Entregue oficio de permissão de uso do relatório para estudo de nova ponte

ponte-estudo-ponte2
(Foto: Assessoria).

O prefeito de União da Vitória, Pedro Ivo Ilkiv, recebeu um oficio dando permissão para que o município use o Relatório Ambiental Simplificado (RAS) como estudo base para licenciamento na nova ponte, que ligará o distrito de São Cristóvão ao centro e região sul do município.

A solicitação do uso do RAS, ao invés do Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e Relatório de Impacto Ambiental (RIMA), foi feita do dia 21 de julho, quando uma comitiva, liderada pelo prefeito Ilkiv, foi até Curitiba formalizar o pedido ao chefe de gabinete do Instituto Ambiental do Paraná(IAP), Flávio Freitas.

Segundo o secretário de meio ambiente, Sidnei Cieslak, que esteve presente na entrega, o uso do RAS agilizará o processo de licitação da ponte. “Nós solicitamos que o IAP exija da Prefeitura apenas o RAS, pois assim vamos agilizar o processo e reduzir os custos, tendo em vista que o EIA e o RIMA demandam maiores recursos financeiros e maior tempo para serem elaborados”, explica.

Além do prefeito e do secretário de meio ambiente, estiveram presentes no evento o vice-prefeito, Jair Brugnago, membros do IAP e o assessor do Deputado Estadual Hussein Bakri, ThyagoPigato Caus.

4 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta para silvani Cancelar resposta

  • Josenildo Indignaldo - 11 de agosto de 2015 - 15h 00
    Avisa os partidários de Dilma que essa ponte não vai sair até o ano que vem não... kkkkkkkkkkkkkk Sonha Pedrito. Aliás, ao invés de sonhar, usa o IPTU pra fazer a ponte.
    Responder
  • Rafael - 11 de agosto de 2015 - 17h 00
    Mto bom melhor prefeitura que ja esteve em uniao da vitoria! AHHH Chora coxinhas o pt domina o brasil e vaai continuar dominando Aceita que doi menos *Comentário editado conforme política de privacidade do Portal Vvale.
    Responder
  • Luan - 11 de agosto de 2015 - 23h 14
    Enquanto isso, pessoas continuarão sofrendo por causa das enchentes em nossas cidades!! mas a prioridade é MAIS UMA ponte! Gente sem noção!!! Sem contar estes vereadores gastando milhões e sendo ridicularizados em esfera estadual!! Cada vez pior!!!
    Responder
  • silvani - 12 de agosto de 2015 - 13h 08
    Deveriam aproveitar e melhorar o trevo de acesso a ponte Machado da Costa, tálvez fazer um trevo parecido com o da BR476 claro que menor mas, eficiente quanto. E como envolve as duas cidades acredito que verbas não seriam o problema. Quem passa todo dia sabe o caus que é aquilo ali em horário de pico.
    Responder