Irmãos desaparecem em União da Vitória

“Saí para trabalhar e quando voltei não encontrei mais eles”, conta a mãe Suzane Marques Aparecida da Silva de 39 anos.

menina
Crislaine Maria Marques. A adolescente está agora com o cabelo cortado

Seus filhos, Crislaine Maria Marques de 13 anos, Jacson Rodrigues de 5 anos e Alisson Marques Rodrigues de 8 anos desapareceram ontem, 3, enquanto Suzane estava no trabalho.

As crianças passavam o dia com Judite, uma cuidadora que morava perto da casa de Suzane no bairro Lagoa Dourada. “Quando eu cheguei em casa estranhei que eles não estavam lá, daí fui sair para ir na casa da Judite, mas ela já chegou com as coisas deles relatando que meus filhos tinham desaparecido”, conta a mãe.

As crianças ficavam das 7 horas às 18 horas de segunda a sexta-feira com Judite, mas segundo ela, ontem Crislaine decidiu sair mais cedo, por volta das 16 horas. A menina levou junto com ela os dois irmãos. Judite cuida das crianças há dois anos, desde quando Suzane começou a trabalhar. “Ela nunca cobrou nada, até ia pagar uma mulher de outro bairro para deixar os meninos lá, mas ela disse que cuidava de graça.”

Logo depois que soube do desaparecimento, Suzane saiu pelo bairro em busca dos filhos, mas não os encontrou. Os vizinhos confirmaram que avistaram a adolescente de 13 anos andando pelas ruas do bairro no meio da tarde.

jackson
Jacson Rodrigues. A mãe não tem fotos do seu irmão, Alisson

“Fiquei até às 3 horas procurando meus filhos, e não encontrei, Se alguém avistar eles, por favor, ligue para o Conselho Tutelar”, pede Suzane.

Os dois meninos, de 8 e 5 anos, são filhos do segundo casamento de Suzane, com Antônio Rodrigues de 34 anos. Já Crislaine é filha do primeiro casamento. “Eu tenho outro filho com o pai da Crislaine, mas o pai dela nunca deu bola para ela, só para o menino”, completa a mãe.

O outro filho de Suzane tem 15 anos e mora com o pai em São Mateus do Sul, mas de acordo com a mãe a menina não tem contato com o irmão, muito menos com o pai.

Suzane tem apenas uma irmã que mora em União da Vitória, sua família é de Ponte Serrada no oeste catarinense. Amigos das crianças não souberam dar pistas de onde os irmãos podem estar. Mas a mãe afirma que tinha que estar o tempo todo “em cima” da Crislaine. “Sei que ela já deu problemas algumas vezes.”

A menina andava com um grupo, que segundo a mãe, a obrigava roubar e brigar. “Mas ela estava bem, não tinha mudado. Comigo sempre foi uma menina boa, estava até feliz porque as aulas vão voltar e ela tinha ganhado lápis de cor.”

Mãe faz pedido de ajuda:

Ainda nesta manhã a reportagem do Portal Vvale tentou entrar em contato com Judite, a mulher responsável por cuidar dos irmãos, porém ela não estava em casa. De acordo com a mãe, Judite estava no médico.

A Polícia e Conselho Tutelar estão investigando o caso. Os pais das crianças ainda não tem pistas de onde eles podem estar. Contudo, o pai de Crislaine não foi informado sobre o desaparecimento da filha. “Eu não liguei para ele”, afirma Suzane.

Quem souber o paradeiro dos irmãos ligue para 

  • (42) 3524-5553
  • (42) 9975-2512

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta