Programa de Atração de investimento dá início a União da Vitória 2030

(Foto: Assessoria).
(Foto: Assessoria).

A Prefeitura de União da Vitória em parceria com a Agência Paraná Desenvolvimento (APD) e empresários do município estiveram reunidos no dia 15, na Câmara de Dirigentes e Lojistas (CDL) para o lançamento do Programa Municipal de Atração de investimentos (PMAI). Programa esse que dá a largada para o projeto União da Vitória 2030. Durante a reunião, empresários locais, lideranças e representantes dos mais diversos segmentos, debateram sobre o atual crescimento econômico e o que deve ser mudado para atingir as metas estabelecidas, partindo do princípio de que se a cidade tiver estrutura, ela terá indústrias.
PMAI

O PMAI é um serviço criado para auxiliar os municípios a construir um novo plano de desenvolvimento. Para União da Vitória, um município de tradição, história e que constitui uma boa base, o plano é dinamizar o crescimento e potencializar as condições de novos investimentos. Para Jean Alberini, gerente de desenvolvimento econômico, o principal objetivo do PMAI é alavancar o crescimento do município, “a finalidade do projeto é trabalhar a melhoria dentro do ambiente de negócio da cidade. A APD trabalha com atração de investimentos, ferramenta para atrair empresas. Mas para fazer funcionar, é preciso antes ser feito um preparo do território para que essas empresas venham, se instalem e se mantenham na região”, afirma Alberini.

Uma iniciativa inovadora da Prefeitura Municipal de União da Vitória, sendo um trabalho abrangente que busca a melhoria de ambiente de negócio. Projeto colaborativo, feito a várias mãos, tem a participação da sociedade civil e de um grupo técnico de alto padrão intelectual para formar uma percepção de mercado e torná-lo mais atraente. Criado em 2014 e coordenado pela APD, o programa de investimentos, é realizado em duas etapas: Orientar a prefeitura na construção de estratégias para atração de novos investimentos e garantir segurança ao investidor. O programa auxilia na melhoria do ambiente de negócios, tornando-os mais atrativos e eficientes.

União da Vitória 2030

WhatsAppXImageX2018-03-16XatX14.21.07Como o próprio nome diz, o programa União da Vitória 2030, é um planejamento de investimentos em longo prazo, para atrair novas empresas e alavancar economicamente a cidade, para que até 2030 União da Vitória torne-se um grande pólo econômico. “Vamos fazer um planejamento de investimentos e medidas para União da Vitória até 2030, atraindo novas empresas e criando mais empregos para os moradores da cidade”, afirma o prefeito Santin Roveda.

No decorrer do processo acontecerão vários debates para criar formas de superar a crise econômica. Será analisada a cidade como um todo, o seu presente e Futuro. “União da Vitória que já foi a capital da esquadria e da madeira no Estado, precisa se reinventar e atrair novos investimentos, identificando os potenciais econômicos da cidade”, completa Roveda.

A partir deste programa, o grupo irá buscar formas de criar novos pólos industriais, implantar projetos de reestruturação urbana que tem a ver com a economia e com a geração de riqueza e de empregos. “Vamos participar de feiras estaduais, nacionais e internacionais e projetar a cidade até 2030, revendo as ações do município para este fim, integrando os empresários, atraindo investimentos de fora, para fazer um novo movimento para cidade se reinventar economicamente”, afirma o prefeito.

A primeira etapa do programa prevê um diagnóstico socioeconômico do município, mapeamento de demandas e gargalos por meio de oficinas e a elaboração de um plano de promoção do desenvolvimento econômico sustentado para União da Vitória. A segundo fase do programa contempla o plano de atração de novos investimentos, a seleção dos setores prioritários e estruturação de propostas, mapeamento das cadeias produtivas, definição das vocações econômicas da cidade e da estratégia para atração de novos investimentos empresariais.

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta