União da Vitória continua em Estado de Emergência

O prefeito Municipal Santin Roveda decretou na quinta 24, que a cidade de União da Vitória está em Estado de Emergência em decorrência da paralisação e dos protestos de caminhoneiros que teve inicio no dia 21 de maio. O prefeito está reunido com secretários para definir quais medidas serão tomadas. De inicio alguns serviços já estão comprometidos.

Saúde

O atendimento continua normal nas Estratégias de saúde e unidades de saúde, a entrega de medicamentos também segue normalmente. Porem fica suspenso os grupos de atividades, endemias e palestras. As consultas e exames realizadas fora do município estão sendo analisadas individualmente, priorizando as que são de urgência e emergência. A equipe está buscando ajuda na defesa civil para que não falte o básico para a população.

Educação

Transporte escolar, principalmente referente as linhas do interior do município estão comprometidas. As linhas escolares do interior atendidas pela empresa Piedade estarão suspensas a partir da tarde de hoje 24, as da Bitur segue normalmente até sexta-feira, onde serão reavaliadas. Os demais transportes coletivos seguem normal até terça-feira.

Departamento de Obras

As demandas do Departamento de Obras estão restritas devido a falta de combustível, atendendo somente o estritamente necessário até que normalize a situação.

Coleta de Lixo

A coleta seletiva de lixo urbano de responsabilidade da empresa Coopertrage está fazendo sua rota normalmente até segunda-feira quando será passado novas informações.

A coleta de RSU (Resíduos Sólidos Urbano) estará funcionando normalmente. Foram estocados combustíveis para manter a coleta em dia durante o período de desabastecimento.

O transporte coletivo somente não está atendendo as linhas do interior e os horários de menor movimento. As demais secretarias estarão trabalhando com restrição de atendimentos. Na próxima segunda-feira a Prefeitura Municipal de União da Vitória emitirá um novo comunicado atualizando o status dos serviços que poderão ser afetados.

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta