Mario Patruni

Em dia com a notícia

Em Dia Com a Notícia – 21 de Fevereiro de 2017

batataXchristianXmarianiEm busca de recursos

O deputado federal Mauro Mariani, presidente do diretório estadual do PMDB catarinense, recebeu  em seu gabinete, em Brasília, a visita dos vereadores de Porto União, Christian Martins, e Sandro Calikoski (foto). Na agenda dos vereadores peemedebistas, a entrega para o parlamentar, de vários projetos, que envolve recursos para pavimentação asfáltica, saneamento básico, e a liberação de recursos financeiros, para a compra de implementos agrícolas para os pequenos agricultores do município. Todos os projetos, que foram entregues para o deputado contaram com o aval do prefeito Eliseu Mibach.

Desigualdade social

O Brasil é um País da desigualdade social extrema. Seis bilionários contam com um patrimônio semelhante ao dos 100 milhões mais pobres. Sem contar dos números de homicídios, superior ao de muitos países em guerra. Da violência contra todos, notadamente pobres, negros, mulheres, homossexuais e transgêneros. Da falta de habitação adequada, de urbanização, de saneamento. Somos um País, com deficiências dramáticas na educação pública, na saúde pública, no transporte público e na segurança pública.

Com o governador

O prefeito Eliseu Mibach, acompanhado do seu vice- prefeito Percy Storck, deve viajar está semana para Florianópolis, onde será recebido – pela primeira vez em seu mandato, pelo  governador Raimundo Colombo. Mibach leva consigo, uma pasta, cheia   de projetos, que serão aplicados, nas mais diversas áreas do município. O diálogo ficará mais fácil, já que, o vice- prefeito, Percy, pertence ao mesmo partido político do governador.

Para que servem as reuniões? I

Alguém já falou. Se você quer que um problema não seja resolvido, crie uma comissão para estuda-lo. Comissão dificilmente resolve alguma coisa. A cada reunião, a comissão chega á conclusão de que precisa mais uma reunião da comissão, para analisar as questões que foram levantadas.

Para que servem as reuniões? II

Questões que poderiam ser resolvidas numa canetada, vai se estendendo.Quando envolve interesse público, então, fica pior ainda. Quanto mais reuniões da comissão, mais as coisas vão ficando como estão, e não se muda nada, porque, o principal objetivo de uma comissão, é justamente fazer com que não se mude nada.

Intérprete de libras

Importante a decisão do presidente da Câmara de Vereadores de Porto União, Luiz Alberto Pasqualin, de contratar um professor da Língua Brasileira de Sinais (Libras), para repassar o conteúdo das reuniões que acontecem no plenário da Câmara e que também, será disponibilizado pela internet, via TV Câmara.

Disseram…

“Não é a ocasião que faz o ladrão. Ela apenas o revela.” Mário Sergio Cortella, Professor, historiador e filósofo.

 

Em Dia Com a Notícia – 14 de Fevereiro de 2017

SergioXBuchO gestor da cultura de Porto União

Ao nomear Sergio Buch (foto) como Diretor da Cultura e Turismo do município de Porto União, o prefeito Eliseu Mibach, cumpre o que vem repetindo desde o início do seu mandato, que é de colocar a pessoa certa no lugar certo. O novo gestor da Cultura, traz consigo um vasto currículo, em sua passagem pela vida pública do município. Sergio  já exerceu com competência, o cargo de diretor geral da Prefeitura, na gestão do então prefeito Vitor Buch Filho, tendo atuado também no cargo de secretário municipal da Educação, na gestão do prefeito Ary Carneiro Júnior, além de ser um chef de cozinha respeitado, e especialista na culinária tropeira. Sergio Buch, terá pela frente, o grande desafio de organizar toda a programação do centenário do município, em um momento de crise financeira, mas, já recebeu carta branca do prefeito Eliseu.

A volta da Dama da Cultura

Junto com Sergio Buch, retoma suas atividades profissionais em Porto União, a Professora, historiadora, e poetiza, Therezinha Wolff, que vai assumir a presidência da Fundação da Cultura do vizinho município. Ao convidar Therezinha Wolff – que este colunista considera a 1ª Dama da Cultura de União da Vitória e Porto União- para presidir a Fundação da Cultura, o prefeito Eliseu Mibach, repara uma enorme injustiça, cometida contra quem lutou uma vida inteira em prol da valorização e desenvolvimento do setor cultural como um todo.

Não é um País sério I

Os membros da Republiqueta do Brasil, não tem limites nas suas ações, e continuam se reinventando a todo dia. Primeiro, o Congresso Nacional, cassa o mandato da presidente Dilma Rousseff, mas, numa afronta a Constituição Federal, mantém seus direitos políticos. Agora, um juiz federal, permite que Moreira Franco, seja nomeado Ministro de Estado, mas, sem a prerrogativa do foro privilegiado, mais uma vez, violentando a Constituição Federal.

Não é um País sério II

O Ministro da Justiça licenciado, Alexandre de Moraes, que está prestes a ser sabatinado pelo Senado Federal, para ocupar a vaga no Supremo Tribunal Federal (STF), indicado pelo presidente Michel Temer, reuniu-se as portas fechadas, na Chalana Champagne, também conhecida como “ Love Boat “ ou Boate do Amor, uma embarcação de luxo do senador Wildem Morais (PP-GO), presente no evento, com outros sete senadores. Aliais, dos 23 senadores, que irão sabatinar o Ministro licenciado, 20 são investigados  na operação Lava jato, inclusive o presidente da Comissão de Constituição e Justiça, senador Edison Lobão.

Não é um País sério III

Pensam que acabou? Tem mais; Em um de seus livros sobre Direito Constitucional, o futuro membro do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou que “ o cargo não poderá ser ocupado por quem exerce cargo de confiança no executivo”. Como se vê, a coerência  não é o forte do futuro ministro da suprema corte brasileira, pois, escreve, mas, não cumpre o que escreve.PS. O novo presidente do Senado, Eunício Oliveira, e da Câmara, Rodrigo Maia, também foram citados por um delator, como beneficiários de propina. Assim caminha a humanidade.

Disseram

“A cultura assusta muito. È uma coisa apavorante para os ditadores. Um povo que lê, nunca será um povo de escravos.”

António Lobo Antunes, escritor português.

Em Dia Com a Notícia – 7 de Fevereiro de 2017

EmXDiaXComXaXNotXXciaVereadores de Porto União prestigiam posse do presidente da Assembleia legislativa

O presidente da Câmara de Vereadores de Porto União, Luiz Alberto Pasqualin, e seu vice-presidente, vereador Christian Martins, prestigiou a posse do novo presidente da Assembleia Legislativa Catarinense, deputado estadual Silvio Dreveck, que aconteceu na tarde de quinta-feira, 1 em Florianópolis.

Prestigiaram 

O parlamentar, que já foi prefeito do município de São Bento do Sul, e está exercendo seu terceiro mandato legislativo, foi eleito com o voto favorável dos 38 deputados presentes na sessão.

Com a eleição de Dreveck para presidir a Assembleia Legislativa, o Planalto Norte Catarinense, ganha força e representatividade política, pois, pela primeira vez, um parlamentar da região, vai comandar o Poder Legislativo Estadual.

O presidente da Câmara de Vereadores de Porto União, destacou que fez questão de comparecer a posse de Silvio Dreveck, de quem é amigo pessoal. “ Silvio Dreveck, vem, ao longo do seu mandato parlamentar, liberando verbas para o nosso município, e agora, como presidente da Assembleia Legislativa Catarinense, Porto União tem muito a ganhar em representatividade política.” Ressaltou.

Voltam ao trabalho

Os vereadores de União da Vitória,  e de Porto União, iniciam esta semana, seus trabalhos legislativos. Em União da Vitória, o fim do recesso parlamentar foi ontem, 6, com a primeira sessão ordinária, referente a 33ª legislatura. Já em Porto União, a primeira sessão ordinária, referente a 18ª legislatura, acontece nesta terça-feira, 07.

Maldade

Circula na Internet,  comentários maldosos de que se o México deixar de enviar cocaína para os EUA, durante dois meses, os próprios americanos vão derrubar o muro construído pelo presidente americano Donald Trump.

Na bronca

O atual sistema de Estacionamento Regulamentado de União da Vitória, vem gerando revolta dos usuários. A bronca é que se o carro ficar estacionado um minuto já é o suficiente para o pagamento de uma hora inteira- R$ 2,00. Não existe a famosa cortesia dos 10 minutos- como em Porto União. Os 10 minutos de cortesia, dizem os usuários, é o tempo suficiente para realizar pequenos e rápidos serviços. A população é a favor do estacionamento rotativo, mas, ele precisa passar por adaptações.

Disseram…

“Chegará o dia em que os homens conhecerão o íntimo dos animais, e, nesse dia, um crime contra um animal, será considerado um crime contra a humanidade.”

Leonardo da Vinci, (1452- 1519)

Em Dia Com a Notícia – 31 de Janeiro de 2017

EliseuXMibachXX2XBalanço dos 30 Dias de Governo

Conversei esta semana com o prefeito de Porto União, Eliseu Mibach (PSDB) onde ele falou sobre os primeiros 30 dias da sua administração. Ele deixou bem claro que vai comandar a prefeitura com visão empresarial, colocando sempre a pessoa certa no lugar certo, e, se ela não corresponder a expectativa, não fica no cargo. Confira abaixo os principais tópicos da conversa.

Reforma Administrativa

O projeto de lei, que trata da reforma administrativa, foi enviada pelo prefeito á Câmara de Vereadores, que, após passar pelas comissões do legislativo, foi aprovada por unanimidade. Segundo Mibach, o principal objetivo foi a readequação dos cargos e salários, onde, muitas secretárias, permaneceram, mas, serão comandas por diretores. Foram nomeados apenas seis secretários. Ele destacou também, que a lei do nepotismo não foi revogada, e continua em vigor, a proibição da contratação de parente, para trabalhar tanto no executivo, como no legislativo.

Centenário do Município

Com relação as obras para marcar a comemoração do centenário do município, o prefeito revelou que seriam três; A Construção de Um Portal, a ser construído na passagem dos trilhos- No final da Avenida Manoel Ribas, início da Rua Matos Costa. O Parque do Centenário, a ser construído no Bairro Santa Rosa, próximo a antiga Olaria dos Passos, com local para caminhadas, campos de futebol, quiosques, lagos e outras benfeitorias, que segundo Mibach, vai valorizar muito o local. E por último, a construção da Praça do Centenário,  a ser construída, próximo ao Batalhão.

Governar Ouvindo a População

O prefeito Eliseu pretende também, a partir de março, implantar uma espécie de orçamento participativo, onde, ele vai realizar reuniões nos Bairros, nos dois Distritos e nas comunidades do interior do município, para ouvir os anseios da população, que irão eleger três prioridades a ser desenvolvidas pela prefeitura.

Situação Financeira

Ele revelou que ainda está reorganizando todos os setores da Prefeitura, para proporcionar um atendimento de qualidade ao cidadão, mas, segundo ele, vai reduzir drasticamente as despesas, pois a folha de pagamento é muito alta, (R$ 2.700, milhões, para uma arrecadação muito baixa, R$  4 milhões). Mas, no geral, a prefeitura está com uma situação financeira, razoável. Ele destacou que os funcionários não tiveram reajuste salarial em 2015, e no ano de 2015, tiveram apenas 4% de aumento. Para este ano, com o aumento salarial, a folha de pagamento vai chegar a casa dos R$ 3 milhões.  O aumento do IPTU, para este ano, vai ficar em 7%.

Assume a Secretária da Cultura

A empresária Francielle Misturini, esposa do vice-prefeito de União da Vitória, Bachir Abbas, vai assumir o comando da Secretária da Cultura. Com isto, Ana Claudia Portes Roveda, que vinha respondendo pela pasta, fica responsável apenas pela Secretária de Assistência Social. Nos dois primeiros meses, Francielle, vai trabalhar sem vencimento.

Disseram...

“O Poder Judiciário tem de exercer seu papel com prudência, com serenidade, com racionalidade, sem protagonismos. È o que a sociedade espera de um juiz.”

Teori Albino Zavasck ( 1948 – 2017 )

Coluna Em Dia Com a Notícia – 24 de Janeiro de 2017

christianXeXdangoVisita de Cortesia

Na  sexta-feira, 20, o ex-vereador de Porto União, Dilmar (Dango) Wolf, visitou o vice- presidente da Câmara de Vereadores, Christian Martins, onde revelou que, após trabalhar por 16 anos, a frente do Departamento de Urbanismo da cidade vizinha, deixou o cargo, e atendendo ao convite do prefeito, Santin Roveda, vai assumir a chefia do Departamento de Urbanismo  de União da Vitória. Ao longo desses anos que esteve comandando o setor de urbanismo de Porto União, Dango demostrou sua competência, deixando as praças e jardins da cidade sempre bem cuidados, sendo motivo de referência, elogios e orgulho para seus munícipes. Dango é a chamada pessoa certa, no lugar certo, e vai fazer falta para Porto União. E União da Vitória, que anda com suas praças e jardins, precisando de cuidados, tem muito a ganhar com a vinda deste excelente profissional.

Cotados

Os prefeitos das cidades de Cruz Machado, Antonio Luis Szaykowski (PSD), e de Porto Vitória, Marisa de Fátima (PSD), que disputaram e perderam as últimas eleições municipais nos seus respectivos municípios, estão cotados para assumirem um cargo de chefia nos vários escritórios regionais do governo do Estado, que existem em União da Vitória. A indicação é de competência política.

SESC/SENAC

Sem muito alarde, as obras do Sesc/Senac que está sendo construída em União da Vitória, em um terreno doado pela Prefeitura, próximo a Rodoviária Municipal, vai sendo levantada. São mais de 3.700 m² de área construída, em um investimento que vai ultrapassar os 15 milhões de reais.

Composição do Secretariado I

Com a oficialização dos nomes dos novos secretários municipais de União da Vitória e Porto União, o que se percebe – em uma primeira análise – é que o prefeito Hilton Santin Roveda, nomeou 14 secretários, mais os diretores das respectivas pasta, sendo que, dois secretários, disputaram e perderam a  eleição para vereador na cidade, e três deles, fizeram parte da administração do agora ex-prefeito Pedro Ivo.

Composição do Secretariado II

Já em Porto União, o prefeito eleito Eliseu Mibach, como havia prometido em campanha, que iria reduzir o número de secretarias, nomeou apenas quatro secretários municipais. Secretária da Educação, Professora Aldair W. Muncinelli – primeira mulher a presidir o Conselho Estadual de Educação de Santa Catarina – Secretário de Saúde,  Marivaldo dos Reis Santa Isabel,  Militar da Reserva, odontólogo e Professor, Secretário de Obras, Roberto Domit de Oliveira, engenheiro civil aposentado do DER/ SC, e consultor de empresas, Secretário de Administração, Miguel Chokailo Neto, Militar da reserva, e ex-comandante da Polícia Militar de Porto União,  e para a Secretária de Finanças Sofia Sidol, funcionária de carreira da Prefeitura. Miguel Chokailo, concorreu a vereador, e é o primeiro suplente da coligação partidária, que elegeu Eliseu Mibach. As demais secretarias, irão funcionar como diretorias.

Disseram…

“Austeridade, ajuste econômico,  e cortes em políticas sociais, matam gente, adoecem, e fazem mal á saúde.”

Gastão Wagner, médico sanitarista, e presidente da Associação Brasileira de Saúde Coletiva. “

Em Dia Com a Notícia – 17 de Janeiro de 2017

aloisioXsalvattiXeXantonioXaguiarSalvatti assume Secretaria Regional         

O ex vice-prefeito de Porto União, Aloisio Salvatti, (na foto junto com o deputado estadual Antonio Aguiar) tomou posse na tarde da última quinta–feira, 12, como secretário executivo regional da Agencia de Desenvolvimento Regional (ADR), de Canoinhas.  Em seu discurso, ele declarou estar preparado para desempenhar a nova função e agradeceu a confiança depositada em sua pessoa, para enfrentar mais este desafio em sua vida pública. A Agencia de Desenvolvimento Regional, atende os seis municípios do Planalto Norte Catarinense.

Força política I

A nomeação do ex vice-prefeito de Porto União Aloisio Salvatti, para comandar a Agencia de Desenvolvimento Regional (ADR) de Canoinhas, mostrou a força política do PMDB do vizinho município, pois, é a primeira vez, desde que foi implantada a descentralização do governo do então governador Luiz Henrique da Silveira, que Porto União, tem para si, o comando desta importante pasta.

Força política II                            

A indicação de Salvatti, contou com os apoios fundamental dos deputados estaduais peemedebistas, António Aguiar e Valdir Cobalchini, além Associação Comercial e Empresarial de Porto União, do Sindicato da Indústria da Construção e do Mobiliário do município, do diretório municipal do PMDB, presidido pelo contabilista e ex- prefeito, Renato Stasiak, e dos quatro vereadores da sigla.

Prestigiaram I

O contabilista Renato Stasiak, presidente do diretório municipal do PMDB de Porto União, acompanhado dos vereadores peemedebistas Neilor Grabosvki, e Elio Weber, fizeram questão de prestigiar a solenidade de posse de Salvatti como secretário executivo regional.

Prestigiaram II

Quem também viajou para a cidade de Canoinhas para prestigiar o evento, foi o prefeito de Porto União, Eliseu Mibach, que se fazia acompanhar de sua esposa Izabel Mibach, e do seu vice–prefeito, Percy Storck.

Líder do governo

O prefeito de Porto União, Eliseu Mibach, (PSDB) por meio de oficio, indicou o vereador Paulo Kowalski (PSDB), para exercer a liderança do Poder Executivo Municipal, no legislativo municipal, no exercício de 2017. Kowalski, que foi reeleito para exercer seu terceiro mandato, é um legislador experiente, que já presidiu a Câmara Municipal,  tendo também exercido outras funções na mesa diretora, é tido como uma pessoa ponderada e de dialogo fácil com todos os demais vereadores.

Líder da maioria

Já, o líder do denominado grupo G 6, que forma a maioria no legislativo municipal de Porto União, é o combativo vereador Carlos Roderlei (Polaco) do Bifão, que vai exercer seu quarto mandato.

Disseram…

“Para criar inimigos não é necessário declarar guerra. Basta dizer o que se pensa.”  Martin Luther King,

Em Dia Com a Notícia – 10 de Janeiro de 2017

valdemarXcapelletiXprefeitoXpaulaXfreitasExperiência a serviço da população

Os resultados das urnas das eleições municipais comprovaram que a população optou em votar nos gestores públicos que já comprovaram suas competências quando administraram o poder executivo municipal. È o caso do empresário Valdemar Capelleti (foto), do município de Paula Freitas, Euclides (Bibi) Pasa, Cruz Machado, Kurten Nielsen Júnior, Porto Vitória, Claudinei de Paula (Neguinho)  Castilho, Bituruna. Todos eles, já administraram com competência seus respectivos municípios e agora retornam, trazendo nas suas bagagens uma maior experiência, que , com certeza, deverão colocar a serviço da população.

Memória curta

Dados publicados por um Instituto de Pesquisas de Curitiba, revela que 30% dos curitibanos não lembram mais o nome do candidato a vereador em que votaram no mês de outubro. Estamos falando de uma  eleição que  aconteceu cerca de  três meses atrás. Se quisermos realmente mudar a qualidade da nossa política, temos que começar por nós mesmos, acompanhando as atuações dos nossos candidatos, seja ele vereador, prefeito, deputado, governador ou senador. Se após três meses de uma eleição, já nem lembramos em quem votamos, ai realmente, fica difícil.

Dura realidade 1

Não importa o que disseram na campanha, o que prometeram nos palanques, ou mesmo o tamanho do rombo da herança maldita que os novos prefeitos receberam. A partir do dia 1º de janeiro, os novos chefes do poder executivo municipal começaram a conviver com a dura realidade do cargo que assumiram.

Dura realidade 2

Eles sabem que praticamente não terão muita ajuda dos governos, estadual e federal, para investimentos e que a arrecadação vai continuar patinando, em razão da grave recessão econômica que o País atravessa. E para piorar a situação, nos últimos anos, a máquina pública cresceu, mas o atendimento junto á população, não acompanhou esse crescimento.

Dura realidade 3

Embora seja uma tentadora opção, elevar ainda mais os impostos, está fora de cogitação, pois é uma injustiça contra o já combalido contribuinte, que trabalha quatro meses no ano, somente para pagar impostos, sem ter a devida contrapartida, com serviços de qualidade.

Dura realidade 4

Enfim, a maioria dos novos gestores públicos caiu na dura realidade. E, a choradeira destes novos prefeitos não está pegando bem. Pois fica a pergunta que não quer calar. Será que esses mandatários não sabiam que a situação era ruim ? Agora não adianta chorar. È tocar o barco, e seguir em frente, aliando gestão administrativa eficiente e competente. Afinal, o gestor público foi eleito para começar a trabalhar a partir do dia 1º de janeiro, com crise, ou sem crise.

Disseram…

“A burocracia no serviço público é a madrasta do povo, e a mãe da corrupção.”  Rafael  Grega, engenheiro e prefeito eleito de Curitiba.

Em Dia Com a Notícia – 3 de Janeiro de 2017

novaXmesaXdiretoraXdeXportoXuniaoPasqualin vai presidir a Câmara de Vereadores de Porto União

Após a cerimônia de posse do prefeito eleito de Porto União Eliseu Mibach, seu vice- prefeito Percy Storck, e dos onze vereadores, que foi realizada no domingo de manhã, no Clube Aliança, os novos legisladores municipais, se dirigiram até o plenário da Câmara Municipal, onde aconteceu a eleição, por meio de voto nominal e aberto  para a escolha dos novos membros da mesa diretiva, para o ano de 2017. Contados os votos, deu o que já era esperado. O experiente vereador Luiz Alberto Pasqualin (PP), que vai exercer seu sétimo mandato legislativo, vai comandar a Câmara Municipal pela quarta vez, tendo como vice-presidente o vereador Christian Martins (PMDB), 1º secretário, vereador Sandro (Batata), Calikoski (PMDB) e segundo secretário Neilor Graboswski (PMDB). Na foto, os seis vereadores, já denominados de grupo G 6.

Grupo experiente e unidos

A consolidação do agora denominado grupo G 6, é constituída por vereadores experientes e, pelo resultado da votação que elegeu Pasqualin como o novo presidente do legislativo municipal, está mais unido do que nunca, para comandar os destinos do poder legislativo nos quatro anos de mandato que terão pela frente. Pasqualin, o presidente, vai exercer seu sétimo mandato, Sandro (Batata) Calikoski, secretário, quinto mandato, Carlos (Polaco do Bifão  Pinto) líder do grupo,  quarto mandato, Christian Martins vice-presidente, segundo mandato. Somente os vereadores Neilor Graboswki, e Elio Weber, estão estreando na vida pública, onde exercerão seus  primeiro mandato.

Líder

O líder deste novo grupo político, será o vereador Carlos (Polaco do Bifão) Pinto, onde no seu discurso, afirmou  que o grupo vai sempre estar aberto ao diálogo com o poder executivo municipal, mas que, todos os vereadores eleitos entraram pela porta da frente do legislativo municipal, por meio do processo democrático que é o voto da população,  por isto, merecem ser respeitados por todos.

Cobrou

O prefeito eleito de Porto União, Eliseu Mibach, ao fazer uso da palavra na cerimônia de posse, mandou um recado para seus secretários municipais -citando-os nominalmente- cobrando eficiência, competência e a criatividade necessária para enfrentar as dificuldades  que os novos tempos de crise exigem.

Almires Bughay preside a Câmara de União da Vitória

Após a  cerimônia de posse do prefeito eleito de União da Vitória Santin Roveda, seu vice-prefeito Bachir Abbas, e dos treze vereadores, os novos representantes do povo, foram até a Câmara Municipal, onde, por meio do voto aberto e nominal, escolheram a  mesa diretiva para o biênio 2017/2018. Presidente, Policial Almires Bughay (PSDB) vice-presidente, Joarez Tica (PSB), 1º secretária, Pastora Sandra (PSDB) e segundo secretário, Ricardo Sass (PSC).

Disseram…

“A boa política, não se faz com ódio, pois não é função hepática. Ela é filha da consciência, e irmã do caráter. Santo Agostinho já dizia, que a política bem feita, é um ato de amor !”

Luiz Alberto Pasqualin, novo presidente da Câmara de Vereadores de Porto União, em seu discurso de posse.

 

 

Em Dia Com a Notícia – 27 de Dezembro de 2016

eliseuXmibachXeXsantinXrovedaCerimônia de Posse

As cerimônias de posse dos novos prefeitos, vice-prefeitos (foto), e vereadores de União da Vitória e Porto União, serão realizadas no mesmo dia e horário, apenas em locais diferentes. Em  União da Vitória, o ato solene, vai acontecer no dia 1º de janeiro, as 10 horas, no auditório da Uniguaçu. Já em Porto União, a solenidade vai acontecer no Clube Aliança. Por mandamento constitucional, o vereador mais idoso, irá presidir a mesa diretora dos trabalhos.

Sabe das Dificuldades

O prefeito eleito de União da Vitória, Santin Roveda, tem afirmado que sabe das dificuldades que terá pela frente, mas, que está preparado para enfrentar mais este desafio em sua vida. Santin, que é filho do também ex-prefeito de União da Vitória, e ex-deputado federal Airton Bernardo Roveda, declarou que convive com a política desde garoto, em função das atividades do pai – seu maior exemplo de homem público.  Além do seu pai, Santin vai poder contar com o precioso auxílio do chefe da poderosa Casa Civil do Paraná, o deputado federal licenciado Valdir Rossoni, uma das estrelas do PSDB, partido do vice-prefeito Bachir Abbas.

Trabalhar “no varejo “

Santin pretende – no primeiro momento – fazer a chamada “política de varejo”, com soluções simples, com diálogo franco, aberto, com todas as instituições representativas, com os demais poderes constitucionais, e, principalmente com a população. Ele quer também valorizar as empresas que já estão instaladas no município.

Experiente

Em Porto União, retorna ao comando do poder executivo municipal, após 12 anos, o empresário Eliseu Mibach, que traz consigo, a fama de um bom gestor público. Para bem administrar o município, Mibach poderá contar com a ajuda do seu vice-prefeito, Percy Storck, que pertence ao mesmo partido político do atual governador catarinense Raimundo Colombo (PSD). Ele também formou a equipe do seu primeiro escalão, com  nomes experientes que já deram sua contribuição tanto na vida pública, como na privada.

Quebrando Tabus I

A Câmara de Vereadores de União da Vitória, vai iniciar o ano de 2017, quebrando tabus. Pela primeira vez, teremos no plenário, duas vereadoras eleitas. A Pastora Sandra (PSDB) e a empresária Alandra Roveda  Grando (PR).

Quebrando Tabus II

Pela primeira vez também, o Poder Legislativo Municipal, vai contar com um policial militar no plenário. Com 25 anos de carreira na polícia militar, Almires Bugahay (PSDB), que foi o segundo vereador mais votado, com 884 votos,  pode contribuir e muito, com sua experiência, para minimizar  os problemas com a segurança pública.

De Férias

Os alvos da Operação Lava Jato terão uma folga. O juiz Sergio Moro, viajou para os Estados Unidos com a família, para suas merecidas férias de 30 dias.

Disseram…

“Sem jornalismo público, independente e qualificado, o futuro da democracia é incerto e preocupante. O jornalismo precisa recuperar a vibração da vida, o cara a cara, o coração e a alma.” Carlos Alberto Di Franco, jornalista.

 

Em Dia Com a Notícia – 20 de Dezembro de 2016

eliseuXmibachXeXaldairXmuncinelliPriorizar a educação

Na noite da última quinta-feira, 15, no auditório do Senac, foi realizada a cerimônia de diplomação do prefeito eleito de Porto União, Eliseu Mibach, seu vice-prefeito, Percy Storck, e dos onze vereadores. O juiz eleitoral José Luis Aranha Pacheco, conduziu a cerimônia, que foi prestigiada pelos futuros secretários municipais, parentes e amigos dos eleitos e simpatizantes. No seu discurso, Mibach, que retorna ao comando do poder executivo municipal, após 12 anos, enfatizou que no decorrer do seu mandato, vai priorizar a educação, citando nominalmente a futura secretária municipal da Educação, a professora Aldair W.Muncinelli (foto) – que se encontrava no recinto – que vai poder contar com o apoio irrestrito para valorizar e qualificar a educação municipal.

Comemoraram I

Após a cerimônia de diplomação dos eleitos, realizada pela Justiça Eleitoral, os seis vereadores que deverão formar o bloco de oposição no legislativo municipal de Porto União, realizaram na residência do vereador Luiz Alberto Pasqualin, um encontro festivo,  celebrando suas vitórias nas urnas.

Comemoraram II

Esse grupo, que é formado por vereadores experientes – Pasqualin vai exercer o seu sétimo mandato legislativo e já presidiu a Câmara por três vezes, Sandro (Batata) Calikoski, vai para  o seu quinto mandato, e também já presidiu a Câmara em duas oportunidades, Carlos Roderlei (Polaco do Bifão) Pinto, quatro mandatos, e também, já presidiu o Poder Legislativo Municipal, Christian Martins, que vai cumprir seu segundo  mandato, seguidos por Elio Weber e Neilor Graboswski, ambos no seu primeiro mandato, irão garantir uma Câmara Municipal, atuante e com qualidade, defendendo os interesses da população.

Aposentadoria

Este projeto que o presidente da República Michel Temer mandou para o Congresso Nacional, tratando da reforma da previdência social, onde, para alcançar o teto integral da aposentadoria, o pobre mortal do trabalhador precisará contribuir por 49 anos, é “prá acabar”. Até agora, a única aposentadoria confirmada, é a do cantor Raul Seixas, porque ele nasceu há 10 mil anos atrás.

Desacato não é mais crime

A quinta turma do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), decidiu que desacato a autoridade não pode ser considerado crime porque contraria leis internacionais de direitos humanos. Os ministros votaram com o relator do caso, Ribeiro Dantas, que escreveu em seu parecer, que não há dúvidas de que a criminalização do desacato está na contramão do humanismo, porque ressalta a prepotência do Estado – personificando seus agentes –  sobre os indivíduos.

Disseram…

“Só o inimigo é fiel. O inimigo não traí nunca. Ele vai cuspir na cova da gente.” Nelson Rodrigues, jornalista e escritor.