Momento Esportivo

Ricardo Aramis da Silveira

Sobre

“Momento Esportivo” é o blog do jornalista Ricardo Aramis da Silveira. Formado pela UNIUV (Centro Universitário de União da Vitória/PR) em 2009, Ricardo é aficionado por esportes, principalmente pelo bom e belo futebol. É Coordenador e narrador da famosa Equipe de esportes da Super Rádio Difusora União AM 1070, e também participa ativamente do departamento de jornalismo do Grupo Verde Vale. Em 2011 realizou no Jornal O Comércio, um Caderno Especial, contando os principais fatos da história da Associação Atlética Iguaçu, equipe de futebol de União da Vitória. Nesse blog serão expressas opiniões a respeito dos principais acontecimentos esportivos da região. Você pode comentar também as opiniões desse blog, colocando seu ponto de vista a respeito dos assuntos nele abordado.

4 comentários sobre “Sobre

  1. Sou professor de educação física, Tecnico de futebol , me criei ai na cidade ,estudei no colegio Cid gonzaga, fundei um time amador chamado america , nao sei se existe ainda , morei no Bairro Sao Pedro, vi a A.A.Iguaçu nascer em 1972 ,presenciei grandes jogos, com otimos atletas como Dito cola ,Schwala,Niri, Jorginho, Rotta,Belga, e outros. O meu pai era ferroviario e nós não saíamos do campo ,e vi o Ferroviario ser campeao da 1ª taça Paraná contra a esportiva de Jacarezinho.
    Fomos embora em 1974, só voltei a Porto Uniao da Vitoria para participar de uma corrida Pedestre, onde eu fui o vencedor dos 10 KM.
    Depois voltei a cidade quando trabalhava no Operário ferroviario de ponta Grossa em 1987 jogo do campeonato da 2ª divisão de Profissionais eu era o fisicultor do time.

    Um abração e parabens pelas colunas.
    Estou a disposição para o proximo ano,se o Iguaçu voltar ou se o Porto precisar.

  2. PESQUISADOR QUER RESGATAR A HISTÓRIA DO FUTEBOL DAS GÊMEAS DO IGUAÇU

    Com o intuito de não deixar o tempo apagar a história do futebol amador das cidades de Porto União e União da Vitória, o Jornalista e estudante de História, Aristides Leo Pardo, 36, está buscando contato com pessoas que foram ligados ao futebol da cidade, pois seu trabalho de conclusão da Pós-Graduação em História na FAFI terá como tema o Ferroviário Esporte Clube e após a conclusão do mesmo, seu objetivo é editar o mesmo em forma de livro.
    Em um segundo momento, o pesquisador tem o projeto de englobar os principais clubes amadores das Gêmeas do Iguaçu, para que assim, uma rica história não se perca no tempo, deixando subsídios para que as novas gerações conheçam um pouco mais sobre seu passado e que novos pesquisadores aprimorem cada vez mais o tema, que ainda tem muito a oferecer.
    As maiores dificuldades encontrada por Aristides é o fato de ele ser natural da cidade do Rio de Janeiro, por isso o apelido de Karioca, sendo assim, seu pouco conhecimento sobre o tema estudado em âmbito local, e também, a falta de material publicado sobre o futebol das cidades focadas em seu trabalho, pois os materiais referentes a eles estão em posse de pessoas ligadas aos clubes, já que nenhuma das duas cidades possui um arquivo público ou um museu que funcione de maneira correta, com pessoas capacitadas na catalogação e preservação dos documentos, ficando assim, fontes históricas, espalhadas nas mãos de seus proprietários e descendentes.
    “A História do futebol aqui é riquíssima e pouco conhecida dos mais jovens, o Ferroviário conquistou a Taça Paraná em 1964, organizada pela Federação Paranaense e que é disputada até hoje, ou ainda o antigo estádio São Bernardo, destruído pela enchente de 83, ainda possui sua fachada em ruínas e as traves, precisamos resgatar esse glorioso passado”, conta Aristides.
    Karioca já está em constante contato com o presidente do Ferroviário Esporte Clube, Sr. Antônio Xavier Paes, que também dirige a Associação Amigos do Trem, que está ajudando no fornecimento de materiais para pesquisa e na busca de novas fontes e histórias.
    O Jornalista é autor do livro “No País do Futebol, Cidade sem Memória: A História Futebolística de Campos dos Goytacazes”, publicado em 2010, pela Agbook, no qual resgata a história do futebol na cidade interiorana de seu estado natal, fruto de uma pesquisa minuciosa de quatro anos.
    Se alguém puder contribuir com o trabalho de Aristides, seja com fotos, documentos ou histórias, poderá entrar em contato com o mesmo através dos telefones: (42) 9135 – 0631, (42) 9957 – 0770, pelo e.mail: tidejor@gmail.com, ou ainda, procurar no Departamento de História da FAFI, o Professor Ilton César Martins, orientador da pesquisa.

  3. Após dois anos de pesquisa, o trabalho foi concluído como exigência para obtenção do grau de especialista em História, Cultura, Memória e Patrimônio, que originou o livro: Ferroviário Esporte Clube: Nos Trilhos da Bola, nos trilhos da história. Ainda há muito a ser pesquisado e novas obras sobre o futebol de Porto União da Vitória estão em andamento e ainda procuro colaboração para sequencia das pesquisas, como fotos, histórias, livros, etc…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *