Piloto Online

O Papo das Duas

papo-das-duas2Enquanto continuava esperando alguém montar sua companheirinha, a pequena, a grandona continuava a prosa para não desanimar a amiga.

– Então pequena, resolveram parar com essa palhaçada de fazer um clone seu?

– Pelo jeito não. Ainda estou fatiada em três pedaços aqui nessa garagem.

– Mas eu conheço alguém que pode te ajudar pequena.

– Quem, grandona? O Careca da Água Mineral? O Mundinho Calombo? A Janete Melância, a dama de amarelo?

– Não, muito melhor, pequena. O Valsa Correia!

– Quem é ele na ordem do dia, grandona? Nunca ouvi falar.

– Claro que já ouviu bobona. É o cara que faz papai Noel, Coelho da Páscoa, artes plásticas de primeira.

– Ah tá, eu sempre confundo Rock, Valsa, Tango… Mas não vai dar, grandona!

– Ué, e por que não pequena?

– Porque simplesmente é ele quem vai fazer meu clone, grandona.

– Sério? Mas ele é restaurador, ele poderia reformar você e te dar mais uns cem anos de garantia.

– Mas eu não tenho preço. O clone vai custar de 25 a 30 mil Dilmas…

– Ah mudou o nome da moeda agora, pequena?

– Você entendeu…

– Ah mais é o seguinte. Além daquele Piloto de teclado de computador do jornal, O Milho no Monjolo já se declarou contra sua substituição e a TW, a governanta do Castelinho também disse que é contra.

– Mas eu queria ser tratada como patrimônio religioso e cultural, não como um objeto qualquer que colocam na entrada do morro. Fiz tanto por essa cidade e agora querem me trocar por um clone.

– Mas foi o tal de Conselho de Cultura,né?

– É pequena, mas eles não tem competência para fazer isso. Era o Conselho de patrimônio cultural que tinham que chamar.

– Mas se eu fosse o Careca da Água Mineral e o Salva do Xixo não deixava te substituírem.

– Sério, grandona? Você gosta tanto assim de mim?

– Não, pequena. Porque com R4 20 mil Dilmas já dava para fazer uma sala de aula. Isso é desperdício.

– Ah, valeu pela consideração. Pior que eu ouvi que foi imposição do Valsa Correia, que não quer me restaurar. O Careca não vai voltar atrás.

– Tenho uma idéia, vamos pedir uma CPI?

– Ah isso acaba em pizza até em Brasília, grandona. Acho que vou mesmo ser substituída.

– Não desanima não ,pequena, vamos reverter isso…

Na verdade se tratam assim o patrimônio cultural, o que será das futuras gerações? É lamentável, senhores do “Conselho de Curtura” de Porto sem Navio.

Obs.: O Papo das Duas é uma crônica de humor com personagens e fatos absolutamente fictícios. Ou não. E não é que serraram a pequena em três pedaços de verdade?

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *