BR-153: Motorista não era habilitado e vítimas estavam sem cinto de segurança - Vvale

BR-153: Motorista não era habilitado e vítimas estavam sem cinto de segurança

5856913_1_14
Sete vítimas eram jovens e crianças que estavam em veículo com capacidade para cinco pessoas (Foto: PortalGDN Notícias)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) emitiu na manhã desta terça-feira, dia 26, um relatório preliminar sobre a tragédia que tirou a vida de sete pessoas no início da noite de segunda-feira, dia 25, em Água Doce. A batida entre um automóvel e um caminhão ocorreu na BR-153, na divisa de Santa Catarina com o Paraná.

Segundo a PRF, o veículo de passeio, um Ford/Mondeo, com placas de São Marcos (RS), era conduzido por um motorista não habilitado. No carro havia sete ocupantes, sendo que possuía apenas cinco lugares. As vítimas foram três homens, duas mulheres e duas crianças que não utilizavam cadeirinha ou assento de elevação. Ainda conforme a PRF, apenas os ocupantes dos bancos dianteiros estavam com cinto de segurança.

Segundo vestígios encontrados e relatos do condutor do caminhão e outras testemunhas que visualizaram a colisão, o Mondeo seguia pela BR-153, em direção à Santa Catarina, e perdeu o controle em uma curva, logo após a divisa do PR com SC, rodou e invadiu a pista contrária, batendo contra o caminhão Ford/Cargo 2429, placas de Paulo Bento (RS), que seguia no sentido oposto.

“O Caminhão transportava soja em grãos e estava com velocidade compatível com a via (conforme disco de tacógrafo recolhido)”, informou a PRF. O motorista também teria feito o teste de bafômetro, que não acusou vestígio de álcool. Com a violência do impacto, a lateral do automóvel ficou destruída e o veículo parou fora da pista.

Vítimas

As vítimas foram conduzidas ao Instituto Médico Legal em Joaçaba. Morreram o motorista do carro, Adão Ferreira Correa, de 22 anos; a mulher dele, Francine Theobald, 17 anos; e a filha do casal, Rafaela Correa Theobald, de apenas três anos. Também perderam a vida os irmãos Edílson Prestes de Cristo, de 25 anos, e Alfredo Prestes de Cristo, 21 anos. Outras duas vítimas ainda não tinham sido identificadas até às 10h50 desta terça.

Matéria Portal Oeste Mais

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta