O comentário de Gilson Aguiar