Liderança: O que NÃO fazer!

Na minha atuação como consultora, instruo alguns comportamentos que são decisivos para o alcance de resultados mais eficazes.

É a influência e atuação do líder no desenvolvimento de equipes e realização dos trabalhos que gerará a constância de resultados. O que um líder NÃO deve fazer:

– Ter intimidade com funcionários, expondo sua vida pessoal, desabafando.  Isso criará vulnerabilidade e o liderado começará a julgar a sua capacidade de liderança.

– Chamar atenção na frente de outras pessoas. Esta atitude expõe o outro criando senso de humilhação e vergonha.

– Não cumprir com a sua palavra ou não assumir falhas, distorcendo ocorrências para tirar o “seu da reta”.

– Beneficiar alguns liderados em relação a outros, somente porque possui maior afinidade e empatia por determinados profissionais.

– Não acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos e esperar somente o resultado final.

– Não desenvolver controle de processos, mensuração de performance e planejamento de rotinas. E ter receio e medo de se dispor com as pessoas.

Sei que ninguém gosta de ser cobrado, chamado atenção. Mas todos possuem consciência quando falham e do que precisa ser melhorado.

Cada um precisa, desenvolver seu papel atendendo as expectativas organizacionais.