CBN Cidades Sustentáveis: Divisão Urbana Regional

A Divisão Urbano-Regional constitui uma contribuição do IBGE à análise da dinâmica territorial brasileira, fornecendo uma visão regional do Brasil a partir dos fluxos articulados por sua rede urbana. A identificação e delimitação dos novos desenhos regionais, chamados de Articulação Urbana, encontram-se fortemente vinculadas à compreensão das transformações socioespaciais que ocorrem no país e também a maneira como se apreende essas transformações. Todas as regiões identificadas são formadas a partir de uma cidade que comanda a sua região, estabelecendo relacionamentos entre agentes e empresas nos respectivos territórios.

O IBGE disponibiliza ao longo dos anos os modelos de divisão regional do Brasil, que representam diferentes concepções na abordagem e na identificação de seus elementos estruturais, de tal modo, que cada quadro regional expresse as múltiplas possibilidades de leitura da organização espacial do território brasileiro. Movidas pelas necessidades econômicas e sociais, as cidades propiciam e impulsionam elementos estruturantes de novas conformações regionais, em que predominam os fluxos de troca de bens e serviços materiais e imateriais (produtos e mercadorias, ordens, informações, pessoas, culturas etc.).


Confira a coluna completa: