INTEGRAÇÃO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL

Um aspecto essencial na identificação dos fatores que potencializam o desenvolvimento municipal é a sua inserção regional. A Confederação Nacional dos Municípios, sugere a elaboração do mapa de inserção regional para visualização e análise da relação do município com o território de sua área de influência.

Através da análise regionalizada é possível identificar o conjunto produtivo, social e político do entorno, estabelecendo a articulação socioespacial da rede urbana envolvida.

União da Vitória possui relação com os municípios vizinhos de Santa Catarina, sua integração territorial a cidade de Porto União e proximidade com Paula Freitas e Porto Vitória, tornam essa análise da inserção regional item indispensável ao planejamento municipal.

A análise dever ser feita através da avaliação do sistema viário regional, da situação de aglomeração urbana de União da Vitória e Porto União nos aspectos do meio ambiente, uso e ocupação do solo, saneamento, sistema viário, transporte coletivo, saúde, dentre outros.

O Plano Diretor Municipal de 2012 trazia em seu texto como meta firmar União da Vitória como a capital do Sudeste Paranaense, aproveitar as vantagens locacionais de União da Vitória para o processamento industrial de produtos primários na região, incentivar a localização de grandes atacadistas, distribuidores e prestadores de serviço em escala regional, oferecer oportunidade a localização de serviços de hospedagem e alimentação como apoio ao turismo de toda região, incentivar o turismo rural, tanto aquele baseado em atrativos naturais, como o aprofundamento da Rota da Cachoeiras quanto ao fundo histórico, bem como a função da cidade como ponto de apoio ao turismo rural regional.