“Agricultura fortalece a economia de General Carneiro”

Varlei Toller, economista doméstico, foi o convidado do Programa CBN Linha Aberta
general carneiro-1

Desde o dia 2, a CBN Vale do Iguaçu, realiza entrevistas sobre o meio rural e a sua movimentação junto a economia da região.

Levantamento exclusivo aponta o percentual da área dedicada à agricultura e o avanço da produção familiar e patronal nas cidades da Associação dos Municípios do Sul do Paraná (Amsulpar).

* A entrevista aconteceu em julho de 2020, por telefone.


Possuiu área territorial de 1.072,214 km², e conforme o economista doméstico, Varlei Toller, a força do agro é garantida pela produção do pinus (quantidade produzida em média 30.600 ton), soja (4.860 ton), milho (6 mil ton), erva-mate (35.700 mil ton). Ainda, aparece o alho (2 ton), amendoim (em casca – 2 ton), arroz (em casca – 100 ton), cana-de-açúcar (315 ton), batata-doce (180), cebola (90 ton), batata-doce (180 ton), feijão (em grão – 300 ton), mandioca (170 ton), melancia (150 ton), melão (8 ton) e tomate (50 ton).

General Carneiro conta hoje com 425 famílias que trabalham no campo, destas a maioria na agricultura familiar, seguido dos assentados da reforma agrária e agricultores patronais.

A média de idade entre os produtores fica em 45 anos, sendo a maioria casais; também se destacam as mulheres na tomada de decisões e participações em conselhos rurais. Em contrapartida, os jovens hoje são a minoria no campo.

A média salarial fica em torno de dois a três salários mínimos / mês.


Confira: