“Ficou no passado que a ‘lei penal é como a serpente: que só pica quem está descalço”

Desembargador Fernando Quadros da Silva, empossado no dia 21 como vice-presidente do TRF-4, foi o convidado da CBN Vale do Iguaçu. Ele é natural de União da Vitória

  “A lei penal é como a serpente:

só pica quem está descalço”.

A frase do humanista Eduardo Galeano foi parafraseada pelo desembargador Fernando Quadros da Silva, durante a sua participação no Programa CBN Linha Aberta, deste sábado, 26.

Segundo o desembargador, que é natural de União da Vitória, a frase ficou no passado; pois acredita que a lei penal tem sido aplicado à gregos e troianos.


Fernando Quadros da Silva foi empossado na segunda-feira, 21, como vice-presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).  A nova administração vai dirigir o tribunal no período de junho de 2021 a junho de 2023.

Fernando Quadros é muito conhecido na região do Vale do Iguaçu. Magistrado tem 57 anos, formação em Direito pela Faculdade de Direito de Curitiba (Unicuritiba), também especialista em Direito Penal pela Universidade de Brasília (UnB), mestre em Direito do Estado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e doutor em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Atuou como advogado privado, procurador do Estado do Paraná e procurador do Ministério Público do Trabalho em Porto Alegre, até ingressar na magistratura federal em 1993. Na primeira instância, desempenhou suas atividades em Maringá e Curitiba e foi diretor do Foro da Justiça Federal no Paraná (2001-2003). Integrou o TRE-PR na vaga de juiz federal (2004-2006). Compôs o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), indicado pelo Supremo Tribunal Federal (2007-2009).

Foi professor na Escola da Magistratura do Tribunal de Justiça do Paraná e na Escola da Magistratura Federal do Paraná e professor colaborador no curso de Direito da Universidade Estadual de Maringá. Era titular da 6ª Vara Federal de Curitiba quando foi promovido a desembargador federal da Corte, em 2009.

Atualmente, preside a Turma Regional Suplementar do Paraná do TRF-4.

Sua atuação junto ao TRF-4 terá parceria com o desembargador federal Ricardo Teixeira do Valle Pereira, empossado presidente do TRF-4, que assumiu o cargo em substituição a Victor Luiz dos Santos Laus.