“Paula Freitas tem participação equilibrada de homens e mulheres no campo”

João Dozorec, extensionista, foi o convidado do Programa CBN Linha Aberta
paula freitas-1

Desde o dia 2, a CBN Vale do Iguaçu, realiza entrevistas sobre o meio rural e a sua movimentação junto a economia da região.

Levantamento exclusivo aponta o percentual da área dedicada à agricultura e o avanço da produção familiar e patronal nas cidades da Associação dos Municípios do Sul do Paraná (Amsulpar).

* A entrevista aconteceu em julho de 2020, por telefone.


Com área territorial de 425,546 km², a fonte de renda da cidade ganha destaque pela produção da soja em grão (54.250 ton), fumo (1.610), melancia (6.400 ton), erva-mate sombreada (32 mil ton), arroz (105 ton), feijão (3.150) e o milho (5.220 ton).

De acordo com o extensionista, João Dozorec, a cidade em 1995 ocupava uma área de 12.100 hectares. Já em 2019, os números saltaram para 27.500 hectares. A soja por exemplo ocupa 90% da produção da cidade. Em 1995, contava com 74 agricultores nessa cultura e área de 3.500 hectares, com produtividade de 2.500 kg/ha. Em 2019, saltou para 425 agricultores, com área de 16 mil hectares e uma produtividade de 3.600 kg/ha.

Conhecida também como a ‘terra da melancia’, Paula Freitas ganha destaque na produção da fruta, que em 2019, contou com 20 agricultores, área de 230 hectares e uma produtividade média de 30 mil kg/ha.

Paula Freitas tem hoje 540 famílias que trabalham no campo e 48 na agricultura patronal. Paula Freitas possui 2.686 habitantes no meio rural, com participação equilibrada de homens e mulheres e também de jovens, sendo a maioria do sexo masculino.

Cerca de 65% do PIB Municipal é proveniente da atividade rural.


Confira: