Presidente da Atema comenta sobre o Festival Gastronômico Vale do Iguaçu

4 ª edição do evento acontece de 27 a 13 de novembro

Seguindo os protocolos sanitários de combate a Covid-19, os integrantes da Associação de Turismo e Meio Ambiente do Vale do Iguaçu (Atema) estão otimistas e apostam que, em 2021, o Festival Gastronômico Vale do Iguaçu irá repetir o sucesso das edições passadas, com exceção do ano passado, em que o evento necessitou de uma pausa, por conta da pandemia.

A parceria com 16 restaurantes locais tem o intuito de fomentar o turismo e a gastronomia com as famosas iguarias da terra. Segundo a presidente da Atema e coordenadora de Turismo na prefeitura de União da Vitória, Daiane Scolaro, as cidades brasileiras têm focado no potencial turístico e na infraestrutura para atrair a população no pós-pandemia.

Para ela, o segmento é considerado um dos mais promissores para quando a população estiver totalmente vacinada contra a Covid-19.

“Com este evento pretendemos focar na valorização da culinária regional. Entre as novidades para esta edição, cito a adesão do delivery (que significa entrega) e a apresentação do item obrigatório do festival que é um produto local nos pratos servidos, seja o xixo, o pinhão, a erva-mate, entre outros; e agora também com opções vegetarianas”, diz.

Como critério do Festival os restaurantes irão oferecer aos participantes uma entrada, um prato principal e a sobremesa.

“Também neste ano, os clientes poderão optar pelo menu completo ou somente pelo prato principal. A exemplo das outras edições, neste ano ofertaremos um brinde àquela pessoa que comparecer em cinco restaurantes diferentes”, lembra Daiane.