SÍNDROME DE BURNOUT: “A invisibilidade das doenças mentais ocupacionais no mundo”, diz psicóloga

Fernanda de Freitas da Silva, Psicóloga Organizacional e do Trabalho, também especialista em Gestão de Comportamento, participou do Programa CBN Linha Aberta
2019 01 26 Fernanda Freitas

Fernanda de Freitas da Silva, Psicóloga Organizacional e do Trabalho, também especialista em Gestão de Comportamento e Professora do SENAC de Porto União, participou neste sábado, 26, do Programa CBN Linha Aberta. Em pauta, a SÍNDROME DE BURNOUT – Adoecimento no ambiente trabalho.

A doença é caracterizada por um esgotamento físico e emocional decorrente do trabalho excessivo e, segundo o médico, diretamente relacionado às mudanças nas relações sociais e de trabalho do século XXI. Hoje, por exemplo, há muito mais pressão e exigências dentro das empresas, não apenas por um trabalho bem feito, mas pela atualização constante dos funcionários em relação a novas técnicas e áreas de atuação.