“A Copel segue investindo e procurando melhorar cada vez mais o atendimento aos paranaenses”

Em entrevista ao CBN Paraná nesta sexta-feira (13) o presidente da Copel, Daniel Pimentel Slaviero, entre outros assuntos, falou do programa “Paraná Trifásico”.


O programa fechou 2021 com 6,5 mil quilômetros de novas linhas trifásicas e, em 2022, deve chegar a 10,5 mil km de novas linhas. A substituição das estruturas monofásicas por trifásicas está proporcionando energia de maior qualidade à população rural, contribuindo para o desenvolvimento do setor agroindustrial.

Desde que foi lançado, em 2019, o programa Paraná Trifásico construiu 7.913 quilômetros de redes trifaseadas em todo o Estado. A extensão equivale a mais de 10 vezes a distância entre Foz do Iguaçu e Paranaguá. As estruturas concluídas representam 31,6% do total previsto para a iniciativa até 2025, período em que estão sendo destinados R$ 2,7 bilhões para a construção de 25 mil quilômetros de redes em áreas rurais. Somente em 2022, o programa vai investir R$ 450 milhões em 4 mil quilômetros de novas redes.

A substituição das antigas estruturas monofásicas por trifásicas está proporcionando energia de maior qualidade à população rural, contribuindo para o desenvolvimento do setor agroindustrial paranaense. Na prática, toda a espinha dorsal da rede de distribuição na área rural está sendo trifaseada, substituindo a tecnologia que marcou a primeira grande revolução elétrica no Interior, nos anos 1980.