“Comigo não tem meio termo; se for morno eu vomito”

Jair Brugnago, vereador de União da Vitória pelo PSDB, participou da série de entrevistas da CBN Vale do Iguaçu
jairbrugnago-cbn-entrevista

Em vias de se iniciar o processo eleitoral 2020, a CBN Vale do Iguaçu, até o dia 6 de agosto, entrevista os vereadores de União da Vitória (13) e de Porto União (11) para que você possa tirar suas próprias conclusões acerca da indagação: Político é tudo igual? 

Convidado

Vereador em sexto mandato, Jair Brugnago (PSDB) foi o edil mais votado da história de União da Vitoria; também foi vice-prefeito no mandato 2013/2016.


Confira na íntegra a entrevista.

CBN Vale do Iguaçu: Em sua opinião, qual foi sua principal contribuição enquanto vereador neste mandato?

Jair Brugnago: Bom em termos de projeto podemos dizer que o projeto de combate à evasão escolar foi muito importante, pois trata da formação do nosso cidadão, da nossa criança e do nosso jovem, para poder garantir o acesso, a permanência e o sucesso dos nossos jovens nas nossas escolas. Trabalho conjunto com a vara da infância e da juventude, núcleo de educação, diretores e professores, estabelecimentos de ensino e as universidades. Cito também o projeto que deu o nome a nova Ponte que está sendo construída de José Richa. Justa homenagem e que também sensibilizou a solicitação do povo de União da Vitória, do Deputado Hussein Bakri, Rossoni, administração e Câmara de Vereadores, ao governador Beto Richa em atender esse importante elo que liga o centro de União da Vitória com o Distrito de São Cristóvão e o desenvolvimento desse eixo. Outro projeto importante foi a justa homenagem à uma pessoa de União da Vitória, meu conselheiro político, pessoa que fez história, que foi dar o nome da Casa Familiar Rural do São Domingos de Ali Hussein Bakri, o conhecido Seu Ali. Além, das melhorias de escolas estaduais e municipais, junto a administração municipal.

CBN Vale do Iguaçu: O que o senhor pensa sobre a demanda popular recorrente que pede redução de salários dos vereadores?

Jair Brugnago: Bom, eu vejo assim, União da Vitória não deve éter reposição salarial. Estão indo para o terceiro mandando sem reajuste. Eu acho que ele já é de bom tamanho, já que faz uma redução de 12 anos no valor desse salário. Seria demagógico por minha parte, ao findar o mandato ou por parte de qualquer vereador, em qualquer mandato, falar de redução. Pois você pode dar exemplo durante o teu mandato, o teu período. Você pode fazer a doação equivalente do valor que você acha que é demasia e fazer repasse para escolas, para melhorias de centros comunitários, entre outros. Portanto, não podemos ser hipócritas, mas sim realistas. Devemos agir e praticar aquilo que falamos e não de forma politiqueira. Eu sou favorável a manutenção. 

CBN Vale do Iguaçu: Qual é a sua opinião sobre a ampliação de cadeiras no legislativo municipal?

Jair Brugnago: Eu acho que o número de cadeiras de União da Vitória é proporcional a população e permite uma boa representatividade, através das várias classes, o exemplo é a própria câmara de vereadores que é heterogênea. Não devemos ampliar, mas sim pensar na manutenção pelo número de cadeiras.

CBN Vale do Iguaçu: Qual é a nota que dá e porque – para o Presidente Bolsonaro?

Jair Brugnago: Daria oito e meio ao presidente. Por quê? Pela forma austera, séria, honesta e competente. Ele está lutando contra o mundo para acabar com a corrupção do País. Oito e meio porque o mandato ainda está encaminhando e trabalhando. Se não fosse o atrapalho do STF e de politiqueiros, pensando nos cabides e viciados em barganhas estaria melhor.

CBN Vale do Iguaçu: Para o Governador do Paraná, Ratinho Júnior?

Jair Brugnago: Também da mesma forma, por estar em andamento, oito e meio. Porque é um governo bem representado em União da Vitória, que vem através do líder de governo Hussein Bakri. Teve uma série de trabalhos, como o estádio Antiocho Pereira, Braulina Pigatto, Muzzolon. São verbas e obras iniciados no mandato passado e que ele (governador) vem dando seguimento. Esse governo vem trabalhando bem por União da Vitória. E confio que podemos melhorar ainda mais a nota nesse mandato pelo que vem fazendo.

CBN Vale do Iguaçu: Para o prefeito Santin Roveda?

Jair Brugnago: Bom, sobre o prefeito vejo uma grande vontade de trabalhar com atuação junto a comunidade e a câmara de vereadores. Dou nota oito. O trabalho também está em andamento e espero poder melhorar a nota até o fim do mandato.

CBN Vale do Iguaçu: Como o senhor avalia o cenário eleitoral do município neste momento?

Jair Brugnago: Bom, ainda é cedo e tendo em vista essa fase aí criada pela pandemia, tudo está inseguro, em termos de grupos e apoio. Vamos ver como será o andamento até o período pré-eleitoral e nos posicionar.

CBN Vale do Iguaçu: É pré-candidato a um novo mandato?

Jair Brugnago: Não, não sou pré-candidato. Quero deixar claro que quero encerrar um trabalho dizendo a verdade como sempre foi o meu costume. Muitos dizem que comigo não tem meio termo, ou ama ou odeia. O morno eu não aceito; se for morno eu vomito.