“Parente meu não tem nenhum contratado”

A vice-prefeita de Paula Freitas, Ivone Suzin Calgaroto (PV), participou da série de entrevistas realizada pela CBN Vale do Iguaç
2020 08 12 ivone Calgarotto

Encerrando as participações da série de entrevistas, a CBN Vale do Iguaçu ouviu a vice-prefeita de Paula Freitas, Ivone Suzin Calgaroto (PV). Intitulada Político é tudo igual, a série aconteceu de 27 de julho a 10 de agosto,

Entrevistada

Por dois mandatos foi secretária de saúde de União da Vitória e por oito anos foi secretária da pasta em Paula Freitas; atualmente é vice-prefeita de Paula Freitas pelo PV.


Confira a entrevista:

CBN Vale do Iguaçu: Em sua visão, qual foi sua principal atitude como Prefeito durante este mandato?

Ivone Suzin Calgaroto: Então, eu assumi no início da gestão a secretária de saúde, mas por um acordo com o prefeito Valdemar, entendemos que seria ficar junto com ele no gabinete. Então eu trabalhei na questão social do município. A principal atitude seria a cooperação junto ao gestor.

CBN Vale do Iguaçu: O que pensa sobre os patamares salariais do funcionalismo municipal, principalmente sobre os cargos comissionados de livre nomeação?

Ivone Suzin Calgaroto: Discutimos muito isso no início, porque nós tínhamos muitos cargos comissionados e contratados e, que nos traziam muitas preocupações, pois as pessoas achavam que poderiam ser simplesmente contratadas. O Tribunal de Contas não aceita recibo, nem contratos. E foi difícil combater isso. Só temos aqui, na prefeitura, os concursados e licitados, que são normalmente os médicos que não participam de concursos e os comissionados – que são poucos. Tivemos uma discussão bem séria sobre isso e, só temos os cargos de confiança realmente, aqueles que trabalham diretamente com a administração.  Nós trabalhamos com o mínimo de funcionários e precisamos aumentar a arrecadação para melhorar o salário dos funcionários. Porque, como você sabe (reportagem), não podemos gastar mais do que o preconizado com a folha de pagamento e, isso prejudica muito a questão dos salários dos funcionários. A equipe é muito boa, gente com capacidade e responsabilidade e que mereciam ganhar mais ou que o salário fosse melhorado. Mas como a arrecadação do município é muito pequena não podemos pagar mais porque a folha de pagamento ultrapassa. Então o prefeito trabalhou muito essa questão de aumentar a arrecadação para melhorar o salário dos vereadores.

CBN Vale do Iguaçu: Qual sua opinião sobre a contratação de parentes?

Ivone Suzin Calgaroto: Olha, também falamos muito sobre isso. O senhor Valdemar também compactua que não deveríamos fazer nenhuma contração dessa natureza. Parente meu não tem nenhum contratado.

CBN Vale do Iguaçu: Qual é a nota que dá e porque para o Presidente Bolsonaro?

Ivone Suzin Calgaroto: Ele foi eleito com a proposta de trazer uma nova visão para o Brasil. Ele (Bolsonaro) teve tanto azar que entramos nessa pandemia que parou tudo e foi uma desunião com os governadores, prefeitos e o próprio governo federal. A situação trouxe bastante problema. Mas eu creio que passando a pandemia a gente toma um novo rumo e acredito que o governo será alavancado. 

Daria nota nove.

CBN Vale do Iguaçu: Para o Governador do Paraná, Ratinho Júnior?

Ivone Suzin Calgaroto: Eu acho que o que eu falei do presidente, eu retorno com o governador. O que eu percebo do governador é que ele está bem próximo a nós. Principalmente na questão social e da saúde, o que traz um alento para as pessoas que estão comandando as secretarias com relação a esse suporte e ajudo que ele tem dado.  

Então, eu daria a nota dez.

CBN Vale do Iguaçu: Para o prefeito de Paula Freitas, Valdemar Antonio Capeleti (PSD)?

Ivone Suzin Calgaroto: Então, claro que eu não posso dar menos que a nota dez. Eu vejo no senhor Valdemar, e também concorri a eleição junto com ele, por confiar na sua honestidade, competência e a visão de futuro e do município. Às vezes, as pessoas o acham meio ‘turrão’, mas ele realmente cumpre com a legislação do município. Ele (Valdemar) não deixa que nada fique por fora daquilo que é preconizado pelo Tribunal de Constas, Ministério Publico e pela justiça. Eu nunca concorri a política, mesmo que meu pai e minha mãe adorassem o assunto. Meu pai, já falecido, foi prefeito e foi vereador. A minha mãe adora política. Já meus irmãos não quiseram a política. E eu só aceitei o cargo pelo carinho que eu tenho pela população de Paula Freitas, pelo município, pelas pessoas mais idosas; eu aceitei concorrer pela confiança no senhor Valdemar.

CBN Vale do Iguaçu: Como o senhor (a) avalia o cenário eleitoral do município neste momento? (Expectativas, candidaturas / apoio)

Ivone Suzin Calgaroto: O senhor Valdemar é pré-candidato na convenção. Eu não me coloquei a disposição, mas é claro que ainda temos a convenção. O seu Valdemar tem meu total apoio, no que for preciso. Ele passa certamente pela convenção, pois o grupo já o apoio. O vice será escolhido pela convenção.

CBN Vale do Iguaçu: É pré-candidato a algum cargo na atual eleição? Se sim, qual?

Ivone Suzin Calgaroto: Eu te diria que hoje não.