Síndrome de Burnout: “A pessoa se torna vítima dela mesma”

O Psicoterapeuta Carlos Florencio foi quem comentou o assunto durante o Programa CBN Tarde de Notícias
2019 10 04 Carlos Florencio

O Psicoterapeuta Carlos Florencio foi o convidado desta quinta-feira, 03, do Programa CBN Tarde de Notícias. Em pauta, a Síndrome de Burnout.

No último mês de maio, a Organização Mundial da Saúde (OMS), declarou não reconhecer a Síndrome de Burnout como doença, mas sim como um stress crônico ligado ao trabalho. Um “esgotamento profissional”. Apesar de não ser reconhecido oficialmente como doença, de acordo com a pesquisa da Internacional Stress Maganagement Association (ISMA), instituição internacional voltada à pesquisa e ao desenvolvimento da prevenção e do tratamento de stress no planeta, em 2018, o Brasil era o segundo país com o maior número de pessoas com stress no mundo, ficando atrás somente do Japão. De acordo com a pesquisa, 72% da população brasileira sofre alguma sequela vinda do stress, e desses, 32%, tem a Síndrome de Burnout.