“Governador não merece mais que uma nota quatro pelo trabalho que tem feito”

Luiz Alberto Pasqualin, vereador de Porto União pelo PSDB, foi o convidado desta terça-feira, 4, da série Político é tudo igual?
2020 08 04 Luiz Alberto Pasqualin

Luiz Alberto Pasqualin (PSDB) foi o entrevistado desta terça-feira, 4, da série Político é tudo igual?

Em vias de se iniciar o processo eleitoral 2020, a CBN Vale do Iguaçu, até o dia 6 de agosto, entrevista os vereadores de União da Vitória (13) e de Porto União (11) para que você possa tirar suas próprias conclusões acerca da indagação sobre a igualdade dos políticos.

Entrevistado

Vereador de sétimo mandato, eleito pela primeira vez em 1982, com 25 anos de idade; presidiu o PP por 12 anos; presidiu a Câmara de Vereadores por quatro vezes; também presidiu todas as comissões técnicas da casa.


Confira entrevista.

CBN Vale do Iguaçu: Em sua opinião, qual foi sua principal contribuição enquanto vereador neste mandato?

Luiz Alberto Pasqualin: Bem, ao longo desse meu mandato eu acredito que pude contribuir com várias indicações, projetos que ajudaram a melhorar a vida de nossos munícipes. Mas entre todas, eu gostaria de destacar, que enquanto presidente do legislativo em 2017, em conversa com o prefeito Eliseu, iniciamos as tratativas com o alto escalão da Sanepar, para que fossem retomadas as negociações entre o município e a Sanepar, porque a implantação da coleta de tratamento do esgotamento sanitário e também da ampliação da rede de captação, o tratamento e distribuição de água tratada o que hoje é uma realidade. Eu só falo isso porque infelizmente o município de Porto União ficou prejudicado por mais de oito anos, porque o projeto ficou aqui na câmara engavetado e não foi dado andamento. O município foi prejudicado porque a Sanepar não fez nenhum investimento nesse período, tratando-se, portanto, de uma preocupação muito grande do prefeito Eliseu e dos vereadores, que quando assumimos em 2017 essa foi a nossa bandeira. Não podemos mais aceitar que falte água em qualquer local do nosso município. Depois disso, no mês de setembro, mês de aniversário do centenário de Porto União, nós assinamos, juntamente com o prefeito o contrato por 30 anos com a Sanepar. Esse foi o ponto fundamental para o município de Porto União.

CBN Vale do Iguaçu: O que o senhor pensa sobre a demanda popular recorrente que pede redução de salários dos vereadores?

Luiz Alberto Pasqualin: Antes de responder a tua pergunta eu gostaria de esclarecer que o vereador recebe os subsídios pelas reuniões em que participa; os subsídios dos vereadores são de acordo com a Constituição Federal, bem como com os demais, assembleias, câmaras e senado. É importante esclarecer também que as funções dos vereadores não se restringem ao comparecimento, as reuniões ordinárias como muitas pessoas pensam. O vereador participa das reuniões das comissões internas da casa. Nós, hoje, aqui, na câmara de vereadores temos seis comissões: constituição e justiça, finanças, transportes e obras, educação, cultura e desporto, saúde, agricultura, desenvolvimento econômico sustentável e meio ambiente. Eu digo isso porque o projeto quando chega na casa vai as comissões para analises juntamente com o departamento jurídico da câmara para que cheguem em condições de ser voltado lá, no plenário. E quando a gente discute e debate esses projetos é para o bem-estar da nossa sociedade. E quando se trata de salário de vereadores, nós precisamos urgentemente, mas urgentemente, que a reforma política venha. Sem a reforma política vamos malhar em ferro frio. Eu digo porque só direcionar essas perguntas para um vereador? Porque nunca questionamos um deputado federal quando passa por nossas cidades? Porque nunca questionamos um senador da república que é um absurdo; hoje temos 81 senadores, 26 estados do Brasil e mais o Distrito Federal. São três senadores por estado. Nós temos que trabalhar sem demagogia. O vereador que atua merece ganhar o seu salário, o prefeito que atua merece ganhar o seu salário, o vice que atua merece ganhar o seu salário. Eu acho que o salário hoje é uma questão de subsídio previsto na Constituição.

CBN Vale do Iguaçu: Qual é a sua opinião sobre a ampliação de cadeiras no legislativo municipal?

Luiz Alberto Pasqualin: Não, eu sou totalmente contrário. Porque Porto União já passou a pouco tempo no que estabelece a Constituição Federal e lei orgânica, já teve nove vereadores, teve onze vereadores, já teve treze vereadores – até onde a lei permite. Mas eu acho que o número de vereadores é suficiente pelo número de habitantes do nosso município que são quase 40 mil. Eu acho que está no intermediário e é um trabalho que pode ser realizado.

CBN Vale do Iguaçu: Qual é a nota que dá e porque – para o Presidente Bolsonaro?

Luiz Alberto Pasqualin: Olha, o presidente Jair Bolsonaro depois de uma brilhante conquista, galgando a sua eleição por seus próprios méritos, e pelo apoio total da nossa população, de todos os brasileiros que já se encontravam cansados com a situação; ele ainda tem muito o que fazer pelo Brasil, mas é uma pessoa correta, honesta, patriota e merece a nota oito.

CBN Vale do Iguaçu: Para o Governador de Santa Catarina, Carlos Moisés?

Luiz Alberto Pasqualin: Olha, a situação dos catarinenses, hoje é muito delicada com o novo que veio. O governador que ia mudar tudo, propostas novas, chega da velha política e isso veio em desencontro aos seus pronunciamentos durante a sua campanha. O governador está em uma situação muito delicado, passando por duas CPIs, podendo perder até o seu mandato, por não ter equipe para governar Santa Catarina. Não exagerando, ele não merece mais que uma nota quatro.

CBN Vale do Iguaçu: Para o prefeito Eliseu Mibach?

Luiz Alberto Pasqualin: O Prefeito Eliseu já governou o município de Porto União por duas vezes, de 1998 a 2000 / 2001/20014 e agora 2017/2020, e indiscutivelmente a minha nota é a máxima, neste caso dez. Justifico que é uma pessoa extremamente dedicada, competente e acima de tudo leal, e faz com que o dinheiro público seja aplicado corretamente para os nossos munícipes. As obras que e estão acontecendo são graças a sua dedicação e a sua equipe. Ele merece uma nota dez.

CBN Vale do Iguaçu: Como o senhor avalia o cenário eleitoral do município neste momento?

Luiz Alberto Pasqualin: Não resta a menor dúvida que o prefeito Eliseu, a poucos dias sinalizou sua intenção em concorrer em mais um mandato. Indiscutivelmente, hoje como filiado do PSDB, vereador do PSDB, estaremos a frente dando apoio para que ele dê continuidade as tarefas que vem realizando. Ele tem apoio e respaldo popular para mais um mandato com certeza absoluta.

CBN Vale do Iguaçu: É pré-candidato a um novo mandato?

Luiz Alberto Pasqualin: Sim, eu sou pré-candidato a reeleição como vereador. O nosso trabalho tem sido aceito pela nossa população já há sete mandatos e, isso cria um vínculo muito grande com a nossa sociedade pelo trabalho que nós realizamos.