Paraná tem bons números no combate à Covid-19

bba730703a0308a391d74cdf67b86084

O Estado do Paraná tem a menor taxa de contaminação pela Covid-19 em todo o país. Uma pesquisa da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) mostra que o Estado tem 25,7 casos para cada 100 mil habitantes. Bem distante do Amapá que lidera a pesquisa com  668,65 casos para cada 100 mil.

Em número de mortes o Estado está na quinta posição, são 1,28 óbito para 100 mil habitantes. O Amazonas lidera a pesquisa com 40,27 para cada 100 mil. Nem sempre foi assim, no começo da pandemia o Paraná tinha percentuais diferentes.

O que determinou estes números foram as políticas de isolamento social e medidas de prevenção que foram bem sucedidas. O que demonstra agora o resultado. Uma prática que deve ser louvável. Colhemos o que plantamos.

Contudo o Governo do Estado tem preocupações com a mudança do panorama com a política de reabertura feita por algumas das principais cidades. O que segundo a Secretaria de Saúde deve ter cautela. Não podemos perder a mão agora que a possibilidade de uma reabertura de diversos setores da economia está ocorrendo.

Mais do que nunca a responsabilidade está nas mãos de cada um. A obediência às normas de segurança é fundamental. Tudo aquilo que sempre falamos, distanciamento social, higienização, uso de máscara e só sair de casa se for necessário. Medidas que para serem executadas dependem de cada um.

O que se denuncia também na pesquisa divulgada pela PUC-PR é um país desigual. O quanto determinadas regiões não tem uma estrutura de saúde, saneamento e informação mínimas. O quanto há uma precariedade que afasta cada vez mais de investimentos e crescimento parte considerável de áreas das regiões norte e nordeste do país. Mas esta é uma outra história.