Morre Diego Maradona

Ele teria sofrido uma parada cardiorrespiratória em sua casa

(Foto: Lee Smith/Reuters).
(Foto: Lee Smith/Reuters).

Diego Armando Maradona, maior jogador da história do futebol argentino faleceu nesta quarta-feira, 25, aos 60 anos. Segundo o jornal argentino “Clarín”, ‘El Pibe’ sofreu uma parada cardiorrespiratória em sua casa em Tigre.

No início do mês, Maradona passou por uma delicada cirurgia no cérebro, recebendo alta oito dias depois.

A carreira

Maradona nasceu em Villa Fiorito (Buenos Aires) no dia 30 de outubro de 1960.

Aos 15 anos, Maradona ingressou no futebol profissional jogando no time Argentino Juniors. No ano seguinte, estreou na seleção argentina.

No ano de 1979, conquistou o Mundial Sub-21. Sua história no  Boca Juniors começou em 1981, vencendo seu primeiro título nacional.

 

No mês de junho de 1982, Maradona assinou um contrato com o Barcelona. Na oportunidade a transferência de clube mais cara da história.

Dois anos depois se transferiu para Nápoles. Lá, Maradona tornou-se ídolo por levar o pequeno clube a vencer o Scudetto e a Copa Itália. Em 1989, ‘El Pibe’ brilhou no time que alcançou a sua primeira conquista europeia.

No final da carreira, Maradona voltou à Espanha, dessa vez para atuar no Sevilha.

‘Mano de Dios’

Durante a Copa do Mundo de 1986, Maradona protagonizou uma das cenas mais peculiares da sua vitoriosa carreira. El Pibe  marcou um gol com a mão contra a Inglaterra, que entrou para a história batizado de “mano de Dios”.

Maradona também foi treinador, inclusive comandando a Seleção argentina na Copa do Mundo de 2006 na Alemanha.

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta