Guimarães estima que 20 milhões tomarão crédito no Caixa Tem até o fim de 2022

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, estima que 20 milhões de pessoas tomarão empréstimos no Crédito Caixa Tem até o final do ano que vem, programa de microcrédito do banco público viabilizado através do aplicativo originalmente criado para o pagamento do auxílio emergencial.

“Acredito que até o fim de 2022, 20 milhões de brasileiros tomem crédito nessa modalidade, que é uma revolução”, afirmou, durante palestra virtual no 93º Encontro Nacional da Indústria de Construção, promovido pela Câmara Brasileira da Indústria de Construção.

Segundo ele, as taxas da modalidade, de 3,99% ao mês, podem baixar à medida que os primeiros clientes paguem as parcelas, porque isso vai gerar uma base de dados sobre seu histórico financeiro que hoje não existe, porque antes não eram bancarizados.

Ele ressaltou que o público-alvo do novo crédito é formado por pessoas que não possuem renda formal. “Não vai ser para quem tem renda formal e pode pegar, por exemplo, um crédito consignado.”

Hoje, a Caixa liberou os pedidos de empréstimo no Caixa Tem para nascidos nos meses de março e abril. A modalidade, válida para pessoas físicas e empresas, começou a ser ofertada em setembro, e permite a contratação de empréstimos com valores entre R$ 300 e R$ 1.000.

0 COMENTÁRIOS

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse.

Ao prosseguir você concorda com nossos termos de uso.