DIA ANIMAL: Um dia só para os peludos

Evento organizado por protetores independentes está na segunda edição e busca conscientização no cuidado com os pets

diaanimal-feira-uniaodavitoria
Na primeira edição mais de 20 adoções foram realizadas. (Foto: Arquivo).

Falta uma semana para a segunda edição do Dia Animal iniciar. O encontro dedicado organizado pelos Protetores Independentes do Vale do Iguaçu e dedicado aos peludos será no sábado, 8. A primeira edição teve como palco o Parque Ambiental. Neste ano, por conta das cheias, o endereço precisou mudar. O Círculo Militar de Porto União, em frente ao 5º Batalhão de Engenharia e Combate vai receber os pets e seus donos logo cedo, às 10 horas, e a entrada é gratuita. O objetivo do evento é conscientizar a população sobre a importância de cuidar e respeitar os animais, oferecendo a eles uma vida digna e com os devidos cuidados.

Na programação estão várias oficinas, palestras e bate papo com quem entende de cuidados dos animais. Tem caça ao tesouro com o Grupo Escoteiro Desbravadores. Eles vão comandar a atividade durante a manhã. Durante a atividade dono e companheiro precisam encontrar pistas e pontos de petiscos. Quem pontuar mais ganha prêmio.

Tem exposição fotográfica que conta a história do antes e depois do resgate de animais feito pelos Protetores Independentes do Vale do Iguaçu. Também terá caricaturas dos participantes com seus animais de estimação. André Camargo, premiado cartunista da cidade, está à frente da atividade.

Além disso, o dono que quiser identificar seu pet pode gravar em uma plaquinha o nome e telefone. Também terá um espaço para venda de roupas e acessórios para os peludinhos e uma feirinha de artesanato.

Já as palestras estão divididas em três temas. Cláudia Rocha, professora da Uniguaçu, ministra palestra sobre Tratamentos Veterinários Alternativos.

Fernanda Macedo, médica veterinária, irá falar sobre Importância da Vacinação na prevenção de doenças. E, tem presença de profissional de fora. Nesta edição a organização conseguiu que Javier Bernal, professor e doutor na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) parasse por aqui para falar um pouco sobre Instituições Prisionais para Animais não Humanos: a exploração animal em parques, circos e zoológicos.

Ainda no Dia Animal cães resgatados das ruas das cidades estarão para adoção. Conforme uma das organizadoras, Ana Luiza, a ideia é mostrar que com a movimentação popular tem, sim, como modificar certos cenários na sociedade. “Nós não temos apoio do poder público, tudo é por nossa conta (Protetores Independentes) e recebemos ajuda de alguns parceiros, mas é gratificante ver o resultado, as pessoas com seus animais que vão e participam”, comentou.

 

Vira Lata Sangue Bom

Antes do Dia Animal, hoje será realizada a Feira de adoção de cães “Vira Lata Sangue Bom”. O evento é organizado pelo Setor de Defesa dos Animais, vinculado à Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), e acontece duas vezes por mês, das 9 horas às 12 horas, em frente ao Clube Apolo, na Avenida Manoel Ribas.

Na feira você encontrará animais na ONG Interditada Koala e também filhotes de lares temporários que estão precisando de um lar.

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta