DENTES

Meu filho mais velho ainda luta com seus dentes de leite. Um deles, caiu nas férias. Mas dedico aqui um pedacinho do dia para contar sobre a facilidade que ele teve com o bonitinho. Então, estávamos por ai, passeando e tal, quando ele comentou sobre o tal dente mole. Olhei, chequei com meu dedo e conferi que de fato, tínhamos um dente mole à vista. Acontece que no dia seguinte, o dente simplesmente caiu. Sim, um dia depois! Meu filho só falou assim: ‘mãe, acho que o dente vai cair’. E eu, sem botar fé porque sei que que a queda leva mais tempo, nem dei bola. Disse pra ele esperar e tal. Ai, ele mesmo foi ao banheiro, pegou um pedaço de papel higiênico e puxou. Simples assim, com pouco sangue, sem choro, mas cheio de surpresa pela facilidade! Lembro aqui que nem sempre isso ocorre. Tem dentes mais duros, que doem mesmo. Tem crianças que precisam ir ao dentista para o processo. Meu filho mesmo já foi no UPA, numa virada de ano, para contar com o auxilio do enfermeiro de plantão 🙂

Aproveitando o tema, dentes de leite, lembro aos papais e mamães da importância da escovação. Mesmo nos dentes que ainda vão cair!  E importante deixar eles mesmos escovarem, sob a nossa supervisão e se preciso for, arregace a manga e escove pra eles. Eu entendo que vale muito mais a pena eles reclamarem e choraram em casa do que na cadeira do dentista, com carie ou outros problemas, ok?

O site da Colgate traz mais informações sobre os dentinhos de leite. Conforme a página, os dentes dos bebês começam a nascer por volta dos seis meses de idade. O nome técnico para esses primeiros dentes é dente decíduo, pois eles eventualmente cairão. São estes os populares dentes de leite. Crianças têm aproximadamente 20 dentes de leite e cada um deles precisa de cuidado. Por volta dos seis anos de idade, a maioria das crianças começa a perder os dentes de leite, que são substituídos pelos dentes permanentes. Esse processo continua até o início da adolescência.

Fique atento também à escova e pasta certa. Alguns cremes contem flúor e se engolidos pelos baixinhos, podem fazer mal. Visite o dentista. Lembre-se de que a boca é o nosso cartão de visitas – e de nossos filhos também!