ENGORDANDO EM 3,2,1!

Os filhos de vocês estão devorando tudo como se fosses gafanhotos? Você compra comida pensando que vai durar 15 dias e em três, precisa repor tudo de novo? Bom, é exatamente isso o que está acontecendo lá em casa. A baixinha, a mais nova, não come tanto assim. Mas o mais velho….Brincando com ele, a gente já o apelidou de 500 coisas. Ele ri e come de novo.

Então, para interromper a seqüência frenética de exercícios de levantamento de garfos, consultamos um personal, amigo nosso, para saber que tipo de atividade física uma criança de quase dez anos pode praticar. Descobrimos que muitas. Inclusive, caminhar na esteira.

Obviamente o exercício precisa ser supervisionado e mais leve. Como moramos em apartamento e não temos espaço para correr, colocamos o gordinho, quer dizer, o baixinho, para andar na esteira. Conforme a orientação do nosso colega, ele pode caminhar até 20 minutos por dia, desde que numa velocidade baixa, começando mais baixo ainda e alcançando até os 5 km por hora, mais ou menos.

Se você pesquisar agora na internet, vai encontrar uma série de artigos que trazem uma relação maior de exercícios que fazem bem para a criançada. E olha só, todas elas podem ser praticadas em família, o que é bem interessante para essa época de pandemia, uma liberdade ai do magnetismo da TV e dos tablets.

A consequência mais grave da falta de exercícios é a obesidade. Doenças vinculadas ao excesso de peso, como câncer, diabetes, doenças respiratórias e doenças no coração, causam 60% das mortes no mundo todo e têm exigido providências drásticas por parte das autoridades da área da saúde.

Bora romper isso tudo?  Escolha uma modalidade que desperte o interesse da sua criança e se divirtam juntos, gastando energia.

Aprender a jogar capoeira, ou uma nova dança e brincar de circo, por exemplo, são atividades lúdicas bem legais, que vão trazer animação e muita risada pra dentro de casa.

Por hoje, é isso.