HOME OFFICE

Como vocês pais e mães, que tem criança pequena em casa, estão cuidando da rotina? Pergunto porque basta ver na rede social a chuva de comentários, de vídeos, de fotografias. Há pais que parecem seres de outros planetas, porque dão conta da casa, da comida, das roupas, das tarefas e ainda tem tempo para criar brincadeiras e jogos diferentes para as crianças. Confesso, estou fora dessa lista. Tem dias que simplesmente não dá. Tem dias que a canseira bate e ai….não rola. Pra gente e para eles também. Trancados em casa, no meu caso, em apartamento,  parece difícil ter disposição todos os dias ou vontade de fazer algo novo. Como vocês estão?

E o tal home office? Tem funcionado? Gente, me perdoem, mas quem está com kids em casa não tem o modelo perfeito do trabalho remoto. Nem perto disso.

Em casa, com os filhos juntos, misturamos creche com escritório. O trabalho formal é compartilhado com a função de ser professor, de ser cuidador, de limpador. Tem louça pra lavar, brinquedo espalhado pele casa, filhos que simplesmente não entendem que você está no meio de um trabalho importante e na hora mais aleatória possível, te interrompem pedindo comida, pedindo pra que você o limpe.

É tudo novo, uma adaptação constante. Por isso, temos que ser compreensivos uns com os outros. Precisamos criar nossos filhos com amor e agora mais do que nunca com esforço.

Sobre as aulas remotas, me contem!

Lá em casa criamos a rotina de sentar à mesa para as lições aulas sempre após o almoço. Mas, sei que nem todos os pais estão em casa. Muitos já voltaram ao trabalho e precisam ter mais força ainda, já que depois do dia cheio, terão que sentar com eles para resolver as tarefas do dia. Então, o aprendizado não é o mesmo, claro que não é! E neste ponto, as dificuldades parecem aumentar a cada série. Quanto mais avançados estão, mais é cobrado. Sim, até prova remota tem acontecido. É um novo momento, algo totalmente escuro, capaz de deixar os pais angustiados e a classe educacional também.

Sorte que temos ferramentas! Imagine a gente vivendo tudo isso há, sei lá, 20 anos?

O desafio da pandemia, porém, não pode nos desanimar a ponto de não vivermos o hoje ou de ignorar as orientações da saúde.  Isso abre um leque de possibilidades. Veja, especialmente quem mora em apartamento, tem neste momento o desafio de ser criativo. Que tal rever fotos antigas, um bom filme, levar os filhos para a cozinha? Sim, cozinhar tem sido uma das atividades favoritas das famílias. É ali, no coração da casa que a conversa rola fácil, que os ingredientes viram brinquedos e a transformação deles, em aulas práticas de química.

Bora?