13 de Agosto de 2012 – Terça-feira

 

A ARTE E A HISTÓRIA, JUNTAS 1 – A Praça do Contestado, que faz parte do Largo do Contestado, mostra o magnífico Mural “A Terra é Nossa” 2.012, assinado pelo artista plástico Pedro Girardello Neto, que, por meio da arte conta a história da Guerra do Contestado com as suas diferentes personagens e as suas imagens próprias, todas vazadas em baixo relevo, numa base de concreto. Entre elas observa-se as figuras que representam os caboclos armados de foices e paus, os soldados armados de fuzis e metralhadora… Os jagunços e os vaqueanos… Os pinheiros em pé, grandes e pequenos… Os pinheiros derrubados, os tocos, as pilhas de toras… As imbuias e outras árvores… Os povoados e as serrarias… Os trilhos da estrada de ferro, a Maria Fumaça com vagões carregados de toras… O avião… a Bandeira do Contestado… O cemitério… As aves e os pássaros… A vegetação… O Rio Iguaçu e os canoeiros… E outros motivos e símbolos.

A ARTE E A HISTÓRIA, JUNTAS 2 – O consagrado artista plástico Pedro Girardello Neto, que assina apenas como Neto, também é o autor de outros monumentos que se encontram espalhados em vários pontos de Porto União e de União da Vitória, a exemplo de Paz aos Contestados (2000), O Homem de Ferro (2002), Veritas – Dedicado à Imprensa (2003), O Homem de Fogo (2004), A Família (2005) e Aos Idosos (2005). Além de inúmeros quadros e telas em acrílico.

TÍTULO – Segundo o próprio autor, – “Os Anos Dourados de Um Futebol Amador” – será o título do livro que o estimado e velho amigo Leocádio José Vieira vai lançar ainda neste ano. O livro será um valioso documentário sobre o nosso esporte amador e profissional. Além de correto narrador e respeitado comentarista esportivo o Leocádio José Vieira, o Cadinho, há muitos anos é o editor de esportes do Jornal Caiçara, onde, além de falar sobre futebol, assina o lido e festejado “Cantinho do Pescador”.

NOVO LIVRO – Na última sexta-feira, dia 10, em Curitiba, o jornalista e historiador Milton Ivan Heller lançou o seu novo livro “A Atualidade do Contestado”, com o apoio do Instituto Histérico e Geográfico do Paraná. É mais um evento que assinala os 100 anos do início do Conflito e da morte do coronel João Gualberto Gomes de Sá.

CICLO DE DEBATE – No último sábado, dia 11, em Canoinhas, a Universidade do Contestado realizou o Ciclo de Debate dos 100 Anos da Guerra do Contestado que faz parte do Projeto Desvendando os 100 Anos da Guerra do Contestado. Participaram do Evento os professores Dr. Eloy Tonon (FAFI), Vanessa Cristina da Conceição (UnC) e Ms. Soeli Regina da Silva Lima (UnC) que debateram o “Histórico e Antropológico na Região do Contestado”.

A ÚLTIMA – Nunca ore suplicando cargas mais leves e sim ombros mais fortes”. (Phillips Brooks).

Beira do Iguaçu, Agosto de 2.012