Milho no Monjolo

Odilon Muncinelli

Milho no Monjolo – 01 de Fevereiro de 2018

 

EFICIÊNCIA

“Porto União é o Município mais eficiente na gestão de recursos em educação do Planalto Norte. De acordo com o Atlas da Eficiência, Porto União é o 29º Município em Santa Catarina no ranking dos mais eficientes em gestão de recursos destinados a educação e o primeiro no Planalto Norte, num universo de 268 Municípios Catarinenses. Quem atesta a informação é a Universidade de Brasília que desenvolveu uma pesquisa certificada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) em âmbito nacional. Os pesquisadores formularam uma plataforma que recebe e armazena informações calculando a eficiência da destinação de recursos públicos na educação. Segundo os dados apresentados, Porto União tem um aproveitamento de 88,9% numa escala que vai até 100.  A pesquisa, além de apontar o cenário atual, propõe ações para que o aproveitamento de recursos esteja o mais próximo possível de 100%. Segundo levantamento, hoje o Município precisa reduzir o investimento por aluno; reduzir o esforço docente ; reduzir o número de servidores, exceto docentes; aumentar o índice de proficiência; aumentar a retenção escolar e aumentar a taxa de aprovação no Ensino Fundamental. Mais uma conquista comemorada pela Secretária Municipal de Educação, Aldair Muncinelli, que afirma que “muitas novidades para nossos alunos estão por vir. O Programa Escola da Inteligência será adotado para trabalhar a inteligência emocional dos nossos alunos, preparando-os para os desafios que encontrarão em suas vidas escolares”. Ou seja, maior aproveitamento para que no próximo ranking Porto União consiga colocação ainda melhor”. (Texto da jornalista Léa Alberti).
ESCOLA DA INTELIGÊNCIA

“Porto União implantará a Escola da Inteligência no ano letivo de 2019. O Programa contemplará inicialmente 239 crianças da Educação Infantil e Fundamental. O investimento será de R$ 215,00 (duzentos e quinze reais) por aluno e o conteúdo contempla além das crianças, professores e família. O Programa Escola da Inteligência é de iniciativa do psiquiatra e pesquisador conceituado Augusto Curi. Tem por objetivo trabalhar o psicológico infantil para lidarem com perdas, frustrações e adaptações cultivando a empatia e a resiliência cuidando das emoções. As crianças são incentivadas a se tornarem pensadores criativos, ousados, altruístas e tolerantes. A implantação do programa se dá por meio de treinamento aos professores, materiais didáticos para os alunos, palestras para família e utiliza novas tecnologias como aplicativos de celular. Os materiais da Escola da Inteligência são aplicados em uma hora/aula por semana dentro da grade curricular, como uma nova disciplina ou dentro de uma disciplina já existente. O pioneirismo no Planalto Norte da implantação da Escola da Inteligência fica com Porto União e o gestor do programa em Santa Catarina, Jeferson Fonseca, optou por oferecer esse diferencial por reconhecer a qualidade do trabalho no Município. Segundo a Secretária Municipal de Educação, Aldair Muncinelli, “a Escola da Inteligência é um trabalho de atendimento personalizado particular que está sendo destinado para o ensino público. As escolas contempladas em primeiro momento são NEI Sonho de Criança, NEI Arco Iris, NEI Castelo Encantado e Núcleo Educacional São Bernardo do Campo”, comemora. As crianças serão trabalhadas em torno de alguns objetivos que são: gerenciamento das emoções e desenvolvimento da inteligência; postura empreendedora e criatividade; melhoria do rendimento escolar e do aprendizado; combate e prevenção ao bullyng e às drogas; habilidades para construir relações saudáveis e administrar conflitos; aumento da qualidade de vida de professores, famílias e alunos”. (Texto da jornalista Léa Alberti).

 

Beira do Iguaçu, Fevereiro de 2.019

Odilon Muncinelli é Membro da ALVI e do IHGPr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *