Milho no Monjolo – 23 de Junho de 2020

COMENTÁRIO 1 – “Dr. Odilon sempre tem representado e fundamentado com dignidade e competência, os valores de nossa sociedade, sabendo retratá-la e resgatando sua história, para que ninguém olvide de seu passado, bem como, dando seu exemplo de vida com retidão, com singeleza e humildade, sem buscar estrelato e reconhecimento. Porém, Dr Odilon é um diamante, como ser humano e por tudo que já realizou, que encrustado em nossa sociedade, tem seu próprio brilho, fazendo-se notar por todos que o conhecem e reconhecem-no, como advogado ilustre, como historiador, como exemplo de cidadão e como chefe de família. Portanto, meu amigo Odilon Muncinelli, que muito me honra por sua amizade, muitas felicidades por mais esta data de aniversário e que não desista fácil de se cuidar, pois tem muitos anos pela frente para superar em idade a seu pai Cícero Muncinelli que eu conservo na memória com tantas, belas e importantes recordações. (Texto do professor, historiador e velho amigo Nivaldo Antônio Oliskovicz, Fonte: Blog do Ivo).

COMENTÁRIO 2 – “Existem pessoas que nos deixam em situação difícil quando temos a honra de parabenizá-las, pois são admiráveis na sociedade em que vivem e, aí há a possibilidade de ir além, de apenas dizer: parabéns, por isto, vou aproveitar este espaço com um pouco mais de palavras. Odilon leva ao pé da letra as máximas de caráter, integridade e honradez, que com certeza sempre seguiu o exemplo de seu pai, senhor Cícero Muncinelli, podemos afirmar que é um homem vanguardista, e que fez da escrita ‘uma de suas razões de viver’. A idade só continua a fazer bem ao nobre amigo, como disse Cícero Marcus: “Os homens são como os vinhos: a idade azeda os maus e apura os bons”. E com o passar da idade o ilustre colunista e historiador se mostra mais e mais esclarecido, pois satisfaz a todos que o procuram para esclarecer suas dúvidas tanto na escrita como na história, a qual faz parte de nossa vida. Ele está, na verdade em outro patamar, ascendeu à sapiência aumentando assim, seu grande acervo de conhecimentos. Concordo com Vergílio Ferreira: “Não mudamos com a idade na estrutura do que somos. Apenas, como na música, somá-lo noutro tom”. Feliz aniversário, Doutor Odilon Muncinelli!” (Texto da acadêmica e velha amiga Marli Terezinha Andrucho Boldori, Fonte: Bloog do Ivo).

COMENTÁRIO 3 – “Linda homenagem madrinha Aldair. Parabéns pelo seu aniversário querido padrinho, Nono Odilon. Que possas se alegrar em tudo que te sustenta a família linda que construiu, os verdadeiros amigos que te admiram e respeitam e as fraternas pessoas que te querem bem, pelo exemplo que representa. Este é um grande tesouro que ninguém rouba e que faz a vida ter sentido. Felicidades. Fraterno abraço”. (Texto do afilhado, compadre e velho amigo Mário Renato Erzinger, Fonte: “Livro de Rosto”, da Aldair W. Muncinelli).

A ÚLTIMA – 1.  A Coluna de hoje é dedicada à jornalista e boa amiga Mariana Honesko, que, na última terça-feira, dia 16, brindou-me com palavras elogiosas na crônica “Anotador da História”, lançada  nas páginas  deste  Jornal O Comércio. 2. Também é dedicada ao comunicador e velho amigo Marco Aurélio, que, brindou-me com elogiosas referências  nos microfones da Rádio FM 94. Sinto-me imensamente gratificado e agradeço!

Beira do Iguaçu, Junho de 2.020