Milho no Monjolo – 7 de Julho de 2020

“O PINHÃO NA CULINÁRIA” –“Amantes da culinária e do pinhão podem comemorar: a Embrapa Florestas acaba de disponibilizar para download gratuito o livro “O Pinhão na Culinária”. A publicação traz cem receitas doces e salgadas com esta iguaria típica do Sul do País e regiões altas de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. O pinhão é a semente da araucária e é cada vez mais procurado não só pelo sabor mas também pelo seu valor nutricional, pois é considerado um alimento funcional: não tem glúten, é rico em fibras alimentares, apresenta baixo teor lipídico, mas contém Ômega 6 e 9, tem proteína de alta qualidade, é rico em amido resistente e possui minerais como cobre, zinco, manganês, ferro, magnésio, cálcio, fósforo, enxofre e baixo teor de sódio. É um alimento versátil, que pode ser incorporado inteiro ou em pedaços aos pratos mas também triturado, sendo efetivamente misturado à receita. Editado em 2014, pela Embrapa Florestas (PR), o livro era encontrado somente em versão impressa. O trabalho de produção do livro envolveu ciência e prática culinária, com criação e teste de cada uma das receitas e também o valor calórico de cada uma. O livro tem como autoras as pesquisadoras Rossana Catiê Bueno de Godoy e Cristiane Helm, da Embrapa Florestas, as nutricionistas Maria de Fátima de Oliveira Negre e Geisa Liandra de Andrade de Siqueira, que então pertenciam ao quadro da Escola Estadual Júlia Wanderley, de Curitiba (PR), e a técnica em nutrição e dietética, Lídia Maria Mendes, da mesma Instituição de Ensino. A diagramação da obra contou com a parceria do Centro Universitário UniBrasil. A disponibilização do livro para download gratuito faz parte da “Iniciativa Araucária”, um conjunto de ações de articulação e mobilização para pesquisas, transferência de tecnologia e divulgação da Araucaria Angustifolia, organizada pela Embrapa Florestas.  

BOA LEITURA – O “Diário da Quarentena”, de Dante Mendonça, é um livro que o leitor abre e lê sem parar até o fim. Um prazer  de ler. Dante Mendonça é um talento da narrativa bem humorada e muito bem escrita. Não por acaso faz parte da Academia Paranaense de Letras (APL). Sobre o Autor: Nascido no dia 04 de março de 1951, em Nova Trento, Santa Catarina, Dante José Mendonça é jornalista, escritor e cartunista Atuou nos jornais O Estado do ParanáTribuna do ParanáGazeta do Povo, Voz do Paraná e Correio de Notícias. É autor das obras: ”Álbum de Figurinhas & Figurões” (1989), “Botecário” – Dicionário Internacional de Boteco” (2001), “Piadas de Sacanear Atleticano” e “Piadas de Sacanear Coxa-Branca” (2003, “A Banda Polaca” – Humor do Imigrante no Brasil – Memórias (2004), “Curitiba: Melhores Defeitos, Piores Qualidades” (2009), “Serra Abaixo, Serra Acima: o Paraná de Trás Pra Frente” (2010).

LUTO – Na última sexta-feira, dia 03, em São Paulo, Capital, morreu o  ator Leonardo Villar,  aos 96 anos de idade. Nascido no dia 25 de julho de 1923, em Piracicaba, São Paulo, Leonardo Villar (nome artístico de Leonildo Motta) alcançou fama nacional e internacional ao interpretar o “Zé do Burro”, a personagem principal do filme “O Pagador de Promessas”, de Anselmo Duarte, vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cinema de Cannes, em 1963.Ele também interpretou Lampião no filme “Lampião, Rei do Cangaço” (1964), de Carlos Coimbra e em “A Hora e a Vez de Augusto Matraga” (1965), de Roberto Santos. Nas décadas seguintes, consolidou uma carreira na televisão ao participar de diversas novelas da Tupi e da Globo. Sua última atuação foi na novela “Passione”, de 2010.

Beira do Iguaçu, Julho de 2.020