Chapecoense confirma 14 contaminados por covid-19

Foto: Márcio Cunha / Chapecoense
Foto: Márcio Cunha / Chapecoense

14 jogadores da Chapecoense testaram positivo para o coronavírus (Covid-19). após o jogo contra o Avai no dia 8 de julho na Arena Condá, em Chapecó. As duas equipes voltariam a se enfrentar neste domingo, 12, na Ressacada, em Florianópolis, mas o confronto foi cancelado pelo Governo de Santa Catarina.

Pouco depois, a Federação Catarinense optou pelo cancelamento dos demais jogos previstos para este domingo: Marcílio Dias x Criciúma, Figueirense x Juventus e Brusque x Joinville.

A delegação da Chape desembarcou na manhã deste domingo, 12, em Chapecó apos sair de ônibus da capital catarinense na noite de sábado. Todos foram liberados para cumprir isolamento domiciliar.

Segundo o Globoesporte.com, na próxima terça-feira, a diretoria do clube prepara uma nova rodada de testes RT-PCR para seguir o controle do Covid-19 no grupo.


Nota do Governo de Santa Catarina

A Superintendência de Vigilância em Saúde Estadual notificou os clubes Avaí e Chapecoense, além da Federação Catarinense de Futebol, neste sábado, 11, sobre a partida válida pelas quartas de final do campeonato catarinense, que ocorreria neste domingo, 12, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis. Com isso, a partida está cancelada.

A medida levou em consideração o item XXXIII do artigo 8º da Portaria SES nº 466 de 6 de julho de 2020, que regulamenta as medidas sanitárias e o risco epidemiológico durante a pandemia do coronavírus.

Uma das equipes teve 14 casos confirmados para Covid-19 e será necessário afastamento de todos os atletas para seguir as medidas necessárias de proteção. A Secretaria de Estado da Saúde segue atenta a qualquer avanço de transmissão e essas medidas são tomadas para resguardar a saúde de todos.