Pelo Estado

Saúde alerta para variante Ômicron e reforça regras sanitárias em SC

Alerta. Vigilância em Saúde de SC destaca a importância da vacinação diante do avanço da variante Ômicron | Foto Divulgação/SES

Apesar de não haver nenhum registro de pacientes contaminados com a variante Ômicron em Santa Catarina, a Secretaria de Estado da Saúde lançou nota de alerta chamando a atenção para o fortalecimento das medidas de prevenção a serem adotadas tanto pelas equipes da área quanto pela população em geral. Entre as principais orientações está a organização de estratégias frente a uma possível nova onda de casos e a intensificação da vacinação. Além disso, todos devem usar máscaras, evitar aglomerações, evitar ambientes com pouca ventilação e lavar as mãos com frequência.  A complementação do esquema vacinal é fundamental. Conforme o Superintendente de Vigilância em Saúde, Eduardo Macário, independentemente do tipo de variante, recomenda-se a adesão da população à vacinação contra a Covid-19. “As vacinas são eficazes e protegem contra as formas graves da doença. Portanto, compareçam aos locais de vacinação, principalmente os idosos que devem completar o esquema vacinal e tomar a dose de reforço. Lembrando que apenas com o esquema vacinal concluído a imunização tem o seu efeito, e as pessoas estarão protegidas”, afirma Macário, que recebeu nesta quarta-feira (1) a visita do deputado estadual Dr. Vicente Caropreso, vice-presidente da Comissão de Saúde da Alesc. Além da Ômicron, o parlamentar está preocupado com a dengue no estado. Caropreso adiantou que a Alesc vai realizar uma audiência pública para tratar do tema. Ele disse ainda que o governo deve anunciar em breve ações para contenção da variante. Nesta terça (30), uma portaria foi editada reforçando que eventos sem o controle de público estão proibidos em SC. A medida vale, sobretudo, pela proximidade das festas de fim de ano. Várias cidades se preparavam para eventos com grande número de pessoas, onde é quase impossível fiscalizar o uso de máscaras e o distanciamento. Mesmo com quase 70% da população com as duas doses, todo o cuidado é pouco diante do avanço de mais uma variante misteriosa.


Blasi é eleito no TJSC

Escolhido. João Henrique Blasi será o presidente do Poder Judiciário de SC no biênio 2022-2022 | Foto Divulgação/TJSC

O desembargador João Henrique Blasi foi eleito presidente do PJSC (Poder Judiciário de Santa Catarina) na sessão do Pleno do TJSC, realizada nesta quarta-feira (1). Blasi obteve 56 votos, enquanto a desembargadora Soraya Nunes Lins recebeu 34 votos. Blasi comandará o TJSC no biênio 2022-2024 e sucederá Ricardo Roesler. Os demais eleitos foram: Altamiro de Oliveira (1º vice-presidente); Getúlio Corrêa (2º vice-presidente); Gerson Cherem (3º vice-presidente; Denise Volpato (corregedora-geral judicial) e Rubens Schulz (corregedor-geral de foro extrajudicial) . Os vencedores do pleito iniciarão seus mandatos de dois anos em 1º de fevereiro de 2022.


  • ICMS 1

O deputado Julio Garcia (PSD), relator da PEC 4/2021, que prevê a adequação da lei estadual à mudança na Constituição Federal – que passou a determinar uma nova repartição da receita do ICMS às cidades – deixou claro que vai atender ao pleito dos municípios. “O meu relatório será o relatório que vocês acabaram de aprovar”, afirmou, logo após as falas de representantes da Fecam (Federação Catarinense de Municípios ) e de parlamentares, na audiência pública realizada na manhã desta quarta-feira (1º)  na Assembleia Legislativa.

  • ICMS 2

A proposta, de autoria do governo do Estado, reduz de 75% para 65% a repartição do valor mínimo a ser passado ao município, respeitando o tamanho de cada um; e aumentado de 25% para 35% o valor máximo a ser compartilhado igualitariamente entre os municípios, respeitando a reserva de 10% atrelada aos indicadores ensino. O relatório agora será submetido por Garcia para votação do colegiado. Em caso de aprovação, a matéria será votada pelo Plenário da Alesc.

  • Honoris Causa

O ex-governador Raimundo Colombo recebe nesta sexta-feira, 3, em Mafra, o título de doutor honoris causa da Universidade do Contestado. A cerimônia será realizada a partir das 16h no auditório da instituição, no Planalto Norte, com a presença da reitora Solange Sprandel da Silva e outras lideranças da universidade. “É uma honra e uma felicidade muito grande, uma homenagem que toca o coração”, afirmou o ex-governador. Colombo recebe o título por sua significativa contribuição para a instalação do curso de Medicina no campus de Mafra.

  • Hotel Mais Seguro

Visando à retomada do turismo diante do avanço da vacinação, os CREAs de SC, PR e RS seguem até o dia 15 a operação “Hotel Mais Seguro”. O objetivo é verificar se a manutenção/instalação de itens ou equipamentos, que dependem da expertise de engenheiros, estão em dia e se foram realizados por profissionais habilitados. Em SC, serão mais de 300 hotéis visitados em várias regiões, com destaque para Florianópolis e Balneário Camboriú.