Com tochas e máscaras manifestantes pró-Bolsonaro protesta em frente ao STF

Grupo é liderado por Sara Winter, investigada no inquérito contra fake news que tramita no STF

Foto: Reprodução/Youtube/The Jornal
Foto: Reprodução/Youtube/The Jornal

Com gritos de “Viemos cobrar, o STF não vai nos calar”, um grupo de manifestantes máscaras, roupas pretas e tochas esteve na noite deste domingo, 31, em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília.

Os manifestantes liderados pela ativista Sara Winter, investigada no inquérito contra fake news que tramita no STF, direcionou seu protesto ao ministro Alexandre de Moraes, do STF, relator do inquérito das fake news.

Eles falavam “Ministro covarde, queremos liberdade. Inconstitucional, Alexandre imoral”.

Segundo informações da Folha de São Paulo, o grupo denominado “Os 300 do Brasil” tem participantes armados, como a própria Sara Winter afirmou.

Entre os objetivos do grupo que teria mais de 700 membros em várias partes do país é o treinamento de militares que tem a intenção de defender o presidente da República, Jair Bolsonaro.

Lembrando que Sara Winter teve passagem pelo Ministério dos Direitos Humanos, cuja titular é Damares Alves.

Com autorização do ministro Alexandre de Moras, o grupo começou a ser investigado pela Procuradoria-Geral da República, para investigações sobre recentes manifestações antidemocráticas.

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta