Jovem vai à festa e morre no dia seguinte

(Foto: Reprodução Facebook)
(Foto: Reprodução Facebook)

A Polícia Civil investiga a morte de uma jovem de 18 anos registrada em Turvo no último sábado (2). As circunstâncias ainda são um mistério. Tudo que se sabe até então é que Suelen Weber teria saído de casa em que morava com a avó na noite de sexta-feira (1) para ir a uma festa. A garota teria voltado para casa na madrugada de sábado, teria reclamado de dor de cabeça, mas foi deitar. Pela manhã, a avó teria encontrado a jovem desmaiada no quarto. O socorro foi acionado e ela encaminhada ao hospital, onde morreu horas depois.

O corpo, segundo relatos médicos, apresentava hematomas e escoriações. A polícia aguarda o laudo do Instituto Médico Legal (IML) para confirmar se ela foi vítima de estupro.

As investigações apontaram que quatro jovens teriam deixado Suelen na porta da casa da avó na madrugada. Um advogado teria se apresentado à polícia em nome dos rapazes.

Testemunhas disseram à polícia “que a vítima teria sido vista tentado pular de um veículo em movimento”. Outras, relataram que “a jovem sofreu uma queda de moto”. Existem ainda relatos de que ela poderia ter sido vítima de “estupro coletivo”. A Polícia segue investigando e aguarda o resultado do laudo do IML que poderá comprovar a causa da morte e se ela foi vítima de violência sexual.

A informação sobre a vítima dá conta de que ela era uma pessoa tranquila, que morava com a família no interior de Turvo e que havia se mudado para a cidade para ajudar a avó.

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta