[10 Dicas] Como escrever a melhor Carta de Apresentação

artigo-compras-reproducaoVocê finalmente encontra a vaga dos sonhos, aquela oportunidade que buscou durante muito tempo. Além disso, sabe que tem capacidade o bastante para consegui-la. A parte ruim é que você, ainda assim, se sente despreparado para competir com várias outras pessoas. Que tal uma mãozinha?

Um currículo bem escrito e cheio de competências é de extrema importância, mas é necessário algo a mais para atrair o recrutador antes disso. O que você precisa é algo que diferencie seu perfil dos demais e que faça seu currículo ter o destaque que merece.

Uma boa carta de apresentação pode ser a solução dos seus problemas!

Será por meio desta carta que você realmente poderá demonstrar as habilidades e competências essenciais para conseguir a tão sonhada vaga. Não faz ideia por onde começar?

Este artigo traz 10 dicas para você escrever a melhor Carta de Apresentação.

1. Personalize

Sua carta de apresentação precisa ser inovadora e criativa, combinar com seu estilo pessoal, com o cargo e com o perfil da empresa em que você pretende trabalhar.

A pessoa que lerá sua apresentação costuma ter acesso a várias e várias cartas de apresentação diariamente. Ou seja, qualquer modelo genérico que você escolha para apenas alterar informações com certeza passará batido. Desperte o interesse no recrutador e aprofunde-se o máximo que puder.

2. Comece bem

É importante que sua carta de apresentação chame a atenção do recrutador e desperte o senso de urgência quanto a sua contratação. Portanto, se a vaga exige certos requisitos e você os cumpre, poupe tempo de quem está lendo e mostre isso logo no início.
Coloque em tópicos, ou em um parágrafo, mas deixe claro que ele pode prosseguir, pois você tem o necessário para a vaga.

3. Procure informações

Surgiu uma vaga em sua área, você cumpre o que está sendo requerido e quer logo mandar seu currículo, mas… não conhece a empresa. Antes de sair disparando o seu currículo, lembre-se que você se torna muito mais atrativo para uma empresa quando a conhece, então pesquise algumas informações que podem ajudar você nessa missão.

Saiba para quem você está escrevendo. Se possível, pelo nome. Mas caso não encontre, dirija-se ao Departamento de Recursos Humanos. Isso deixará um tom mais pessoal e cativante.

Conheça os objetivos da empresa e os compare com o que você tem a oferecer. Mostre-os como você irá auxiliar para o alcance das metas estabelecidas.

4. O que não fazer

● Não faça um resumo de seu currículo, isso não é atrativo e se torna desinteressante.
● Não use termos como “acho, talvez consiga” e qualquer similar que demonstre sua insegurança. Acredite em si e não fique buscando ser modesto.
● Não coloque algo de que não está seguro, destaque somente seus pontos fortes, que te darão vantagens.

5. Seja confiante

Você precisa mostrar sua competência e convencer o recrutador de que é a melhor pessoa para atuar na empresa, por isso: seja confiante. Entre muitas cartas de apresentação a sua precisa se destacar, então fale sobre realizações, ações de sucesso e habilidades.

Só tome cuidado para não ser arrogante. A ideia é passar segurança sobre seus feitos e capacidade, então releia sempre para ver se está com o tom que deseja.

6. Destaque qualidades

É importante lembrar que nem sempre temos experiência atrativa o suficiente, e isso não é um problema. Além de experiência e conhecimento, uma empresa sempre espera habilidades básicas, como: boa vontade, facilidade de se habituar a novas rotinas e bom desempenho no trabalho em equipe.

Considere, de acordo com a vaga, trabalhos voluntários, cursos, experiências, pontos fortes e habilidades que mostrem sua preparação para o cargo.

7. Estrutura e Formatação

A boa estrutura torna tudo mais atrativo! Um texto bem espaçado, curto, objetivo será mais prazeroso de ler e agregará qualidade à sua apresentação.

A formatação também é de grande importância. Fonte utilizada, alinhamento e espaçamento de parágrafos devem também ser motivo de atenção, pois contam muito para seu texto.

8. Seja cordial

É necessário que o recrutador que irá ler sua carta de motivação se sinta valorizado. Portanto, seja educado e cordial, agradeça pelo tempo que foi dedicado à leitura de sua carta.

A maneira como você terminará sua carta, também deixará uma impressão. Que pode aumentar as chances de seu currículo ser aberto.

9. Desperte interesse

Você já fez sua propaganda, agora, a cartada final é mostrar que ainda tem mais a oferecer. Deixe um contato, e demonstre como está entusiasmado com a oportunidade de uma entrevista ou conversa informal.

O recrutador precisa terminar de ler sua apresentação e querer saber mais sobre você, e o que tem a oferecer.

10. CV por e-mail

Se o currículo for enviado por e-mail e não houver especificações, coloque a carta de apresentação no corpo do e-mail. Isso poupará tempo de quem for ler, e será um atrativo a mais. Caso especifique que a carta deva ir em anexo, não esqueça de salvar o anexo com o seu nome.

Agora que você já conferiu as dicas, nunca mais perca uma boa vaga por não conseguir demonstrar sua capacidade! Corra escrever sua carta de apresentação, e não esqueça de conferir os modelos.

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta