Mais de 2 mil unidades consumidoras permanecem sem luz na região; confira

O 'Ciclone bomba', registrado no dia 30 de junho, provocou ventos acima de 100km/h, estragos e queda de energia

O ‘Ciclone bomba’ registrado na terça-feira, 30, ainda causam transtornos, principalmente no Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Mais de 1,5 milhão de unidades consumidoras foram afetadas com queda de energia elétrica alternadamente.

2020-copel2
(Fotos: Agência Copel União da Vitória)

De acordo com o gerente da agência da Copel de União da VitóriaFlávio dos Santos, nesta segunda-feira, 6, cerca de 23.363 unidades consumidoras permanecem desligadas, conforme dados levantamento feito pelo Paraná e Porto União (SC).

 Da região da Associação dos Municípios do Sul do Paraná (Amsulpar) padecem sem luz, em torno de 2,7 pontos afetados.

2020-copel3

Segundo ele, este foi o mais severo evento climático registrado pela Copel.

“Nunca foram observados tantos danos graves, simultaneamente, e tantas regiões. Para se ter uma ideia da proporção dos danos, em nossa região, somente em quantidade de postes derrubados, o evento “Ciclone Bomba”, causou danos equivalentes ao que eram observados em um período de 5 a 6 meses (de manutenções corretivas) ”, conta.  

2020-copel4

“Desde o dia 30, eletricistas próprios e terceirizados da Copel trabalham numa rotina incansável, com foco exclusivo, e integral, para reconstruir a rede elétrica destruída pelo ‘Ciclone Bomba’ ”, afirma.

A Copel de União da Vitória recebeu reforço para manutenção e reconstrução de redes, com auxílio de eletricistas vindos de Ponta Grossa, Castro, Guarapuava, Toledo, Cascavel, Realeza, Francisco Beltrão, Irati e outras cidades.

2020-copel1


A reportagem conversou com o gerente da agência da Copel de União da Vitória, Flávio dos Santos.

Confira:

Como os profissionais atuam em situação de calamidade pública, como foi o caso do “Ciclone Bomba”?

Caso a equipe da Copel tenha deslocado até uma residência sem luz, e não aconteça a sua religação momentaneamente, o que fazer?

A falta de energia elétrica deve sempre ser informada via canais de atendimento da Copel?

São mais de 2,7 mil unidades consumidoras desligadas no momento em nossa região?


Unidades consumidoras desligadas na região, até às 18 horas, desta segunda-feira, 6:

Cruz Machado: 487

Bituruna: 148

General Carneiro: 265

Porto União: 36

União da Vitória: 221

Porto Vitória: 41

Paula Freitas: 596

Paulo Frontin: 686

Mallet: 222


Serviço

Reclamações sobre a falta de energia devem ser comunicadas via canais de atendimento, descritos em sua fatura.

O telefone 0800510016, com atendimento 24 horas e a ligação é gratuita, mesmo de celular.

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta