As cidades de União da Vitória e de Porto União dos séculos 20 e 21

O Caderno Especial da Construção Civil

Uma Visita ao Passado, numa única foto, mostra ao leitor como eram as nossas cidades (ou nossa cidade) na segunda metade do século passado, mas com o objetivo de chamar a atenção para o trabalho notável realizado pelo jornal O Comércio, que num caderno especial, que está sendo distribuído, após árduo trabalho de sua equipe, mostra o estupendo crescimento imóbiliário das cidades de União da Vitória e Porto União.

A foto (parcial) é das cidades irmãs da década 50 do século 20 e mostra que já estava tudo sendo organizado para uma realidade bem diferente: a que que estamos vivendo agora no século 21.

Em União da Vitória, vemos na foto a Avenida Manoel Ribas, a partir da Rua Matos Costa, até a Ponte dos Arcos, inaugurada em 1944; a igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus; a Praça Coronel Amazonas; duas grandes indústrias; a Faculdade Estadual (Fafi, agora Unespar).

Em Porto União, a cidade na sua parte mais central, com destaque para as ruas Siqueira Campos e XV de Novembro, que é o principal acesso ao Largo Prudente de Britto, que, segundo respeitáveis históriadores, foi o primeiro morador da então cidade de Porto União da Vitória, que até 1916, antes da definição dos limites entre os estados do Paraná e de Santa Catarina.


‘‘Um lugar incrível de se viver”

Caderno Especial Construção Civil no Vale do Iguaçu é, sem a menor dúvida, com a autoridade de quem labuta há mais de meio século no jornalismo regional, um trabalho que merece o respeito e a atenção de todos os habitantes desse ‘lugar incrível de se viver’.

0 COMENTÁRIOS

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse.

Ao prosseguir você concorda com nossos termos de uso.