Warning: mysqli_real_connect(): (HY000/1129): Host '172.30.0.88' is blocked because of many connection errors; unblock with 'mysqladmin flush-hosts' in /var/app/current/www.vvale.com.br/wp-content/db.php on line 1272 Uma Visita ao Passado: A inauguração da SC-302 (SC-135) em 2004

Uma Visita ao Passado: A inauguração da SC-302 (SC-135) em 2004

(Acervo Ivo Dolinski)

Para relatar todos os detalhes relacionados ao asfaltamento da rodovia que liga Porto União/Matos Costa/Caçador seriam necessárias pelo menos duas páginas de jornal, o mesmo com relação à pavimentação das BR-280, que liga Porto União/Irineópolis/Canoinhas/BR-116/Mafra.


A BR-476

E, igualmente, da BR-476 no trecho União da Vitória/São Mateus do Sul, que só se concretizou no início da década de 70 graças ao prestígio do governador Paulo Pimentel.

Mas, nesta edição, vamos lembrar da inauguração da então SC-302, agora denominada de SC-135, que aconteceu em um sábado, com muita chuva, de setembro de 2004.

O ato inaugural, realizado no trevo localizado a menos de 200 metros do Rio Pintado, foi presidido pelo governador Luiz Henrique da Silveira e contou a presença do então secretário da Infraestrutura de Transportes Mauro Mariani; vice-governador Eduardo Pinho Moreira; secretário regional Valdir Cobalchini; prefeito Eliseu Mibach; deputado Reno Caramori; vereadores e grande número de empresários.

As primeiras iniciativas para o asfaltamento da então SC-302, com mais de 80 quilômetros de Porto União a Caçador, foram tomadas na primeira gestão do governador Esperidião Amin (1983/1986), passando pelas gestões de Pedro Ivo CamposCasildo MaldanerVilson KleinubingPaulo Afonso e novamente Esperidião Amin, de 1999/2002.

Na primeira gestão de Esperidião Amin – 1983/1987 – não foram somente as primeiras iniciativas, mas a elaboração do projeto e até a contratação do início das obras a partir de Caçador, infelizmente paralisadas e sem qualquer iniciativa e retomada do projeto, a não ser uma “inexplicável” na gestão de Paulo Paulo Afonso, que entregou o comando do Estado pela segunda vez a Amin, que reiniciou tudo, com as obras sendo então aceleradas e concluídas na primeira gestão do governador Luiz Henrique da Silva.


Uma obra com sérios problemas

(Acervo Ivo Dolinski)

Apesar de concluída com a inauguração, celebrada até com uma caminhada, com o governador à frente, a rodovia, principalmente no trecho Porto União/Matos Costa, apresenta sérios problemas, com grandes transtornos e sem que providências concretas sejam efetivamente tomadas.

Várias iniciativas foram tomadas. Com as mais recentes, agora no governo do coronel Carlos Moisés, talvez equacionem, pelo menos os problemas nos pontos mais críticos.

Informação de fonte credenciada é de que o projeto original – na segunda gestão de Esperidião Amin – da obra no trecho entre Porto União/Matos Costa não foi executado como estava previsto.

0 COMENTÁRIOS

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse.

Ao prosseguir você concorda com nossos termos de uso.