Casal de Paula Freitas se recuperou do coronavírus em casa

Nem por isso, a recuperação deles tenha sido menos dolorosa; segundo eles, foram 17 dias de muita agonia

“Por causa da Covid-19, vivenciamos 17 dias de dores físicas constantes, além das emocionais que deixarão cicatrizes em nossa alma. Incerteza, ansiedade e medo”.

Muito embora hoje estejam aliviados, Andrezza Cordeiro e o esposo Éder, desde o diagnóstico positivo para o coronavírus, passaram por dias muito difíceis.

O casal de Paula Freitas se recuperou da doença em casa.

2020-casal-paulafreitas-1

Conta Andrezza que no início o que parecia ser uma gripe comum, se transformou em um drama.

“Foram dias com dores em todo o corpo, febre, tontura, irritação na garganta e indisposições”.

O diagnóstico da Covid foi dado sem que eles precisassem ir até um hospital. O tratamento aconteceu em isolamento domiciliar com acompanhamento diário da Secretaria de Saúde.

O filho do casal de 4 anos também passa bem.

“Teve momentos em que eu não tinha forças para levantar da cama, e nem para tomar banho. Hoje com muita emoção e com o coração transbordando de alegria, agradecemos primeiramente a Deus, por essa benção, por passamos por este obstáculo ilesos, nos tornando seres humanos ainda mais fortes e corajosos. Estamos curados”, relata ela.

Andrezza trabalha no Posto de Saúde na localidade da Vargem Grande e Rondinha, em Paula Freitas.


O casal não tem histórico recente de viagem. Desta forma, o caso deles é considerado transmissão comunitária — quando não se sabe a origem do vírus.

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta