Enfermeiro de Florianópolis é o primeiro vacinado contra Covid em SC

Júlio César Vasconcellos de Azevedo tem 55 anos e trabalha no Hospital Celso Ramos, na Capital

A primeira dose da vacina contra o coronavírus foi aplicada em Santa Catarina nesta segunda-feira, 18.
2021-enfermeiro
(Foto: Diorgenes Pandini / Diário Catarinense)
O enfermeiro Júlio César Vasconcellos de Azevedo, 55 anos, morador de Florianópolis, foi o primeiro a receber a vacina em solo catarinense às 17h35min. Ele trabalha há 28 anos no Hospital Celso Ramos, na Capital, e representou no ato simbólico os profissionais de saúde que batalham na linha de frente contra o coronavírus.

O início da vacinação ocorreu no Auditório do Instituto de Cardiologia do Complexo Hospitalar de São José, na Grande Florianópolis.

O momento histórico marcou o início da imunização contra a doença que já matou quase 6 mil pessoas no Estado.

Depois de Júlio, o governo do Estado vacinou mais dois representantes dos grupos prioritários que integram a fase 1 do plano de imunização. Kerexu Yxapyry, gestora ambiental e liderança da terra indígena Morro dos Cavalos, em Palhoça, representou a população indígena, enquanto João de Jesus Cardoso, 81 anos, representou os idosos que residem em instituições de longa permanência. João é morador de São José.

O início oficial da campanha de vacinação contra a covid-19 em Santa Catarina será nesta terça-feira, quando os municípios começarão a receber as doses enviadas pelo governo estadual. SC recebeu 144 mil doses da CoronaVac por volta do meio-dia desta segunda, como parte do primeiro lote de 6 milhões de doses repartidas pelo Ministério da Saúde entre todos os estados.


Doses

Conforme informações iniciais da equipe de saúde do Estado, 66 mil catarinenses serão vacinados neste início de campanha com as 144 mil doses disponíveis o Estado. Para os municípios, cerca de 30% do público alvo será atendido. As doses devem chegar a Concórdia nesta terça-feira, dia 19.

A distribuição por grupo prioritário está prevista da seguinte forma: Trabalhadores da saúde: 56.540;

Pessoas com mais de 60 institucionalizadas: 3.460;

Pessoas com deficiência institucionalizadas: 263;

População indígena: 8.317;

Total: 68.580 pessoas.

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta