Entenda as diferenças dos termos usados para o isolamento

Na prática, quarentena, distanciamento e o próprio isolamento, são distintos

Não tem jeito. Palavras que antes só se via dentro de hospitais ou apenas em filmes, faz parte do cotidiano dos brasileiros. Mas, em época de pandemia, é interessante saber o real significado de cada uma delas, para compreender melhor as informações dos noticiários. Vamos à elas!

ISOLAMENTO

De acordo com matéria sobre o tema na Agência Brasil, o isolamento serve para separar pessoas sintomáticas ou assintomáticas, em investigação clínica e laboratorial, de maneira a evitar a propagação da infecção e transmissão. Neste caso, é utilizado o isolamento em ambiente domiciliar, podendo ser feito em hospitais públicos ou privados. Segundo a norma do Ministério da Saúde, o isolamento é feito por um prazo de 14 dias – tempo em que o vírus leva para se manifestar no corpo – podendo ser estendido, dependendo do resultado dos exames laboratoriais. Casos suspeitos que estão sendo investigados também devem ficar em isolamento. Se o exame der negativo, a pessoa é liberada da precaução.


DISTANCIAMENTO SOCIAL

Algo que todos precisam fazer, para reduzir o risco da transmissão.


QUARENTENA

Vale para quem teve contato com alguém que tem o vírus e está no aguardo para ver se apresenta os sintomas. Especificamente para União da Vitória, o médico Ary Carneiro Junior, secretário da Saúde no município, faz ressalvas.

“Dentro do critério do Estado do Paraná, neste estágio da pandemia, a quarentena deve ser de sete dias para todos que tiveram em regiões fora do País, toda pessoa que chegue de viagem e quem teve contato com pessoas do Rio de Janeiro e São Paulo”.

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta