Ex-deputado federal, Nelson Meurer morre em razão do coronavírus

Eles estava internado em Francisco Beltrão

Nelson Meurer. (Foto: Reprodução).
Nelson Meurer. (Foto: Reprodução).

Faleceu na manhã deste domingo, 12, na Casa Hospitalar de Francisco Beltrão, no Sudoeste do Paraná, ex-deputado federal Nelson Meurer que estava internado com coronavírus (Covid-19).

Meurer de 77 anos, testou positivo para coronavírus e desde terça-feira, 7, estava internado, tendo agravamento de seu quadro clínico neste fim de semana.

Desde outubro de 2019, Meurer estava preso na Penitenciaria Estadual de Francisco Beltrão, condenado a 13 anos e nove meses por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, sendo o primeiro preso na Operação Lava Jato.

No mês de abril, sua defesa tentou a progressão de pena para a prisão domiciliar pelo fato de Meurer ser grupo de risco para o coronavírus. Porém, o pedido foi negado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Edson Fachin.

Carreira política

Nascido em Bom Retiro (SC) em 23 de julho de 1942, Nelson Meurer foi deputado federal de 1995 até 2018, inicialmente pelo Partido Progressista Brasileiro – PPB e em 2003 pelo Partido Progressista – PP.

Em 14 de junho de 2016, apoiou o deputado Eduardo Cunha votando contra a sua cassação no comitê de ética da Câmara dos Deputados. Já na votação em plenário, que cassou o mandato de Cunha, em setembro de 2016, se absteve de votar.

Já durante o Governo Michel Temer, votou a favor da PEC do Teto dos Gastos Públicos. Em abril de 2017 foi favorável à Reforma Trabalhista.

Em 2 de agosto de 2017, na votação sobre a admissibilidade da denúncia de corrupção passiva em desfavor do presidente Michel Temer, assinada pela PGR, votou pelo arquivamento.

Com o fim do mandato de deputado federal em 2018, Meurer não se candidatou para a reeleição ou para outro cargo mas eleições de outubro de 2018. 

0 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta