União da Vitória retoma aulas presenciais na Rede Municipal de Ensino

Retorno presencial não é obrigatório, ficando a critério dos responsáveis esta decisão

Conforme o anúncio do dia 27 de julho, as aulas da Rede Municipal de Ensino de União da Vitória serão retomadas de forma presencial a partir do dia 02 de Agosto. O retorno será de forma híbrida e gradativa, conforme anunciou o Prefeito Bachir Abbas, depois da reunião do Comitê Gestor da Pandemia no dia 27.

“Tivemos a reunião e em cima dos dados apresentados pela Secretaria de Saúde e da Educação decidimos que podemos voltar de forma gradativa com as aulas presenciais”, afirmou o prefeito.

Durante a reunião o Secretário de Saúde, Fernando Ferencz, apresentou os dados que garantem uma maior segurança para o retorno das aulas, entre eles a vacinação de 60% da população acima de 18 anos, vacinação de todos os profissionais da educação e a redução na curva de transmissão do Covid-19.

“Temos também a baixa na ocupação dos leitos tanto da enfermaria quanto de UTI, a situação da UPA que também está controlada e o mais importante, atualmente apenas 10% das coletas de exames feitos estão sendo positivadas”, afirmou Ferencz.

“Sempre falamos que voltaríamos as aulas presenciais com a garantia de segurança para os professores, funcionários e para os alunos, e com esses dados pudemos tomar essa decisão”, afirmou Bachir.

Além dos dados da saúde, o Secretário da Educação, Ricardo Brugnago também apresentou o plano de contingência e retomada das aulas que está sendo preparado desde o início do ano.

“Esse plano foi elaborado respeitando as especificidades de cada escola e CMEI, com a participação dos diretores, supervisores e professores, também, foram adquiridos com recursos da prefeitura equipamentos de proteção individual, materiais de higiene e álcool em gel para poder receber novamente os alunos em sala de aula”, explicou Brugnago.

Nossos profissionais também estão preparados para fazer o acolhimento dos alunos, para trabalhar com o emocional dos alunos e também houve o chamamento de novos professores que ajudarão no reforço escolar.

“Nosso principal compromisso desde o começo da pandemia, foi fazer uma educação de qualidade e retornar com responsabilidade, focando na preservação da vida e essa decisão é tomada principalmente com os dados da saúde, os quais permitem que as aulas voltem. Eu sempre falo e sempre falei desde o começo da pandemia, que o nosso maior patrimônio, nosso maior tesouro são nossos filhos, e que portanto, só retornaríamos quando houvesse segurança”, finalizou o prefeito.

As aulas serão retomadas de forma gradativa da seguinte maneira:

02 de Agosto – Retorno do reforço escolar e das salas de recursos multifuncionais, o chamamento ocorrerá de acordo com a organização de cada escola.

09 de Agosto – Retorno para os alunos do 5º ano no formato híbrido (50% presencial, 50% remoto).

16 de Agosto – Retorno para os alunos do 4º ano no formato híbrido.

No dia 18 de Agosto haverá uma nova reunião do comitê que irá avaliar o retorno das aulas e definir as datas para a retomada gradativa das aulas presenciais para as outras séries.

O retorno presencial não é obrigatório, ficando a critério dos responsáveis esta decisão.

0 COMENTÁRIOS

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse.

Ao prosseguir você concorda com nossos termos de uso.