80% dos clubes da série A do Brasileirão já são patrocinados por casas de aposta

 

As casas de apostas online estão ganhando cada vez mais espaço no Brasil. Já faz alguns anos desde que elas passaram a poder operar e fazer negócios com o público brasileiro e, a partir de 2022, a tendência é que esse fluxo de apostas aumente ainda mais e que empresas brasileiras comecem a surgir. Na prática, esse movimento já fez com que 80% dos clubes da Série A do Brasileirão estejam com patrocínios de casas de apostas.

O time mais recente a anunciar um patrocínio do tipo foi o Botafogo, que joga atualmente a Série B do Brasileirão, mas que é um dos times mais tradicionais do país, sem a menor dúvida. O Fogão anunciou um patrocínio com a empresa EstrelaBET, que vai patrocinar as mangas do seu uniforme, fazendo com que 33 dos 40 times de futebol que jogam a Série A e a Série B do Campeonato Brasileiro tenham patrocínios de casas de apostas online em seus uniformes ou alguma outra forma. No geral, 19 dos 20 clubes brasileiros da Série A já têm patrocínios do tipo, enquanto 14 dos 20 times da Série B são patrocinados dessa forma.

Quer saber o que permitiu que as casas de apostas online crescessem dessa forma e o que deverá acontecer nos próximos anos? Então siga a leitura do artigo abaixo com atenção!

O que permitiu que 80% dos clubes da Série A e B tivessem patrocínios de casas de apostas online?

Até 2018, as apostas esportivas online eram completamente proibidas no Brasil, assim como outros tipos de jogos de azar que não as loterias autorizadas pelo governo.

No entanto, em 2018, o então presidente Michel Temer assinou uma Medida Provisória que autorizava que os consumidores brasileiros pudessem fazer apostas esportivas online em plataformas de empresas que operavam em países em que esse tipo de jogo era permitido.

Por exemplo, a Inglaterra é um país em que tradicionalmente há grande presença das apostas em sua cultura local. Isso faz, portanto, com que as empresas que tenham sede por lá possam criar versões em português do seu site para receber consumidores brasileiros e eles possam fazer jogos por lá.

Essa MP, portanto, praticamente “legalizou” as apostas esportivas online, apesar de não permitir que as empresas tenham sede no Brasil, já que a legislação apenas autorizava o jogo dos brasileiros.

Em 2021, o Congresso Federal aprovou uma nova legislação que regulamenta o jogo esportivo online no Brasil e permite, então, que empresas do setor tenham seu posicionamento aqui no país e que novas casas de apostas brasileiras possam nascer.

Na prática, isso permitirá que o mercado de apostas online no Brasil, que já movimenta bilhões, cresça ainda mais e passe a movimentar cada vez mais dinheiro, com mais empresas atuando aqui.

Além disso, a legislação também moderniza a cobrança tributária de impostos sobre os jogos online no país. A proposta agora cobra os tributos apenas sobre o chamado GGR (Gross Gaming Revenue), ou seja, a diferença entre tudo que foi arrecadado pelas casas de apostas com o que foi pago aos apostadores. A lei diz que as empresas devem pagar aos apostadores um mínimo de 80% do arrecadado (em caso de apostas presenciais) e 89% (em caso de apostas online). Os 20% e 11% restantes são o “lucro” dessas empresas e deverá ser tributado dentro dos parâmetros estabelecidos em lei.

O que esperar para os próximos anos?

Com a mudança da legislação, a perspetiva do governo é que tudo esteja funcionando adequadamente até a Copa do Mundo de 2022, que ocorrerá no final do próximo ano, permitindo que os apostadores brasileiros aproveitem um dos principais eventos esportivos do planeta para fazer os seus jogos.

A partir daí, a perspetiva é que cada vez mais jogos e apostas online sejam realizados pelos brasileiros. O país é completamente apaixonado por futebol e outros esportes, o que faz com que sejamos um mercado de enorme potencial para apostas.

Para se ter uma ideia, países como a Holanda têm cerca de 90% da população fazendo apostas esportivas regularmente. Na Rússia, são 75% da população que faz esse tipo de aposta. Isso mostra o potencial que o Brasil pode ter no setor.

Agora que você já viu as mudanças da legislação entre as empresas de casas de apostas, entende que surgirá cada vez mais negócios nacionais desse tipo e que as apostas online deverão proliferar bastante no país. Muitas pessoas já vivem de apostas esportivas hoje, sendo conhecidas como Traders Esportivos. Não é fácil ter uma carreira dessas (a minoria da minoria tem sucesso o suficiente), mas é um objetivo possível.

Gostou do conteúdo? Então deixe um comentário abaixo com a sua opinião!

0 COMENTÁRIOS

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse.

Ao prosseguir você concorda com nossos termos de uso.